Quase 50% dos custos da pandemia recairão sobre economias avançadas, constata o Relatório da Cúpula Mundial do Governo

  • Economia mundial enfrenta prejuízo econômico de US$ 3,8 trilhões, metade absorvida pelos países mais ricos
  • Novo relatório ‘21 Prioridades para Governos em 2021’ Identifica Cinco Áreas na Recuperação Pós-pandemia

The new WGS report ‘21 Priorities for Governments in 2021’ identifies five critical priorities in post-pandemic recovery (Photo: AETOSWire)

DUBAI, Emirados Árabes Unidos--()--Um relatório seminal lançado pela Organização da Cúpula do Governo Mundial (World Government Summit Organization, WGS), que destaca 21 prioridades críticas dentro de cinco áreas de foco, oferece uma fonte de orientação para os governos ao lidar com a recuperação pós-COVID-19.

Economias mais ricas arcarão com quase metade do custo da crise do COVID-19, que pode chegar a US$ 3,8 trilhões em 2021, conclui o relatório. Isso, mesmo que as economias desenvolvidas possam vacinar toda a sua população, e as economias em desenvolvimento podem atingir uma taxa de vacinação de 50%.

O relatório afirma que o bem-estar da saúde mental, as mudanças climáticas e o empoderamento das mulheres são preocupações centrais que se agravarão se os governos não reconstruírem de maneira holística e proativa.

Mohammad Abdullah Al Gergawi, Ministro de Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos e Presidente da Organização da Cúpula Mundial de Governos, afirmou: “2020 será lembrado pela história como o ano de grandes rupturas. Enquanto o mundo estava lamentavelmente despreparado para a voracidade do vírus, 2021 deve ser o ano que definirá o futuro da humanidade e remodelará as sociedades para se tornarem mais fortes e resistentes”.

Ele acrescentou: “Com uma grande mudança, vem uma grande oportunidade. Lições valiosas surgiram no ano passado, as quais devemos levar em consideração enquanto nos recuperamos. Nossas ações individuais e coletivas como nações têm consequências importantes não apenas para nós, mas para nossos filhos e as muitas gerações que virão depois deles: devemos todos ser responsáveis ​​por nós mesmos e pelos outros.”

Com o foco dos governos treinado na pandemia nos últimos 18 meses, as questões sociais subjacentes, como a saúde mental e as crises climáticas, se agravaram e podem se tornar tão problemáticas quanto a emergência de saúde pública se os líderes não adaptarem seu pensamento, sugere o relatório.

As 21 prioridades delineadas pelo relatório são divididas em cinco seções:

Essas cinco áreas de foco são:

  1. Reimaginando e reforçando as principais instituições públicas
  2. Competindo em uma economia transformada
  3. Navegando em uma ordem geotécnica transformada
  4. Reparando o tecido social
  5. Protegendo o futuro

Faça o download do relatório completo aqui:

Sobre a WGS:

A Organização da Cúpula do Governo Mundial é uma organização global, neutra e sem fins lucrativos, dedicada a moldar o futuro dos governos. A Cúpula, em suas várias atividades, explora a agenda da próxima geração de governos, com foco em aproveitar a inovação e a tecnologia para resolver os desafios universais que a humanidade enfrenta.

A Organização da Cúpula do Governo Mundial opera na interseção de governo e inovação. Funciona como uma plataforma de troca de conhecimentos que reúne líderes nos setores público e privado para colaborar com especialistas de renome mundial na criação de impacto positivo para os cidadãos em todo o mundo. Incluindo iniciativas e eventos realizados ao longo do ano, a Cúpula Mundial do Governo realiza um encontro anual importante em Dubai.

*Fonte: AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Mahmoud Kandil, +97155126 6801
mkandil@apcoworldwide.com

Contacts

Mahmoud Kandil, +97155126 6801
mkandil@apcoworldwide.com