CORRIGIR E SUBSTITUIR: Três sistemas hospitalares ganham prêmio cinco estrelas da Patient Safety Movement Foundation

 Prêmio demonstra o compromisso das organizações em eliminar mortes evitáveis de pacientes

IRVINE, Califórnia--()--No primeiro Dia Mundial da Segurança do Paciente, a Patient Safety Movement Foundation (PSMF) anuncia que concedeu à Dignity Health, à MedStar Health e ao UPMC seu prêmio cinco estrelas por assumir compromissos alinhados com as 18 soluções acionáveis para a segurança dos pacientes (Actionable Patient Safety Solutions, APSS) baseadas em evidências da PSMF. As APSS incluem soluções projetadas para ajudar os hospitais a eliminarem mortes evitáveis de pacientes. As mortes evitáveis são a terceira principal causa de morte nos EUA.

“Mais de 200.000 pacientes morrem de erros hospitalares evitáveis nos EUA e 4,8 milhões em todo o mundo. Esses números, além de inaceitáveis, são impensáveis”, disse o Dr. David Mayer, diretor executivo da PSMF. “Nosso prêmio 5 estrelas reconhece o compromisso que essas organizações assumiram em erradicar as mortes evitáveis. A liderança demonstrada por esses líderes é um modelo que outros podem seguir ao instituir as melhores práticas em atendimento ao paciente”.

A Dignity Health é a maior provedora de hospitais da Califórnia, com 39 hospitais, e parte do recém-formado CommonSpirit Health, um sistema de saúde católico sem fins lucrativos dedicado a melhorar a saúde de todas as pessoas. Como parte do CommonSpirit, a Dignity Health continua oferecendo serviços de saúde excelentes e acessíveis, entregues com compaixão.

“A Dignity Health tem trabalhado para melhorar a segurança do paciente e os resultados clínicos porque sabemos o que está em jogo e o quão importante é este trabalho para as pessoas que procuram nosso atendimento”, disse Robert Wiebe, MD, diretor médico da CommonSpirit Health. “Nós e outros sistemas de saúde lutamos para erradicar as mortes evitáveis, e é por isso que implementamos a APSS e muitas outras iniciativas”.

De acordo com os objetivos da PSMF, a Dignity Health:

  • Melhorou a adesão e adoção do protocolo de sepse e reduziu a mortalidade por sepse
  • Reduziu cesarianas desnecessárias para partos de baixo risco
  • Reduziu a quantidade de eventos de hipoglicemia
  • Reduziu infecções hospitalares adquiridas
  • Reduziu a depressão respiratória induzida por opioides
  • Conseguiu a adoção quase total do programa CANDOR em todos os hospitais e centros ambulatoriais da Dignity Health

Com 10 hospitais regionais em Baltimore/Washington DC, a MedStar Health obteve seu prêmio por seu papel no desenvolvimento da APSS nas áreas de Cultura de Segurança, Quedas e Prevenção de Quedas, Engajamento de Pacientes e Famílias, Educação de Segurança do Paciente e Detecção Precoce de Sepse.

Desde a implementação de seus esforços de melhoria da segurança do paciente, alinhados com a APSS da PSMF, a MedStar Health:

  • Reduziu o número de eventos sérios de segurança do paciente
  • Reduziu o número de infecções associadas a cuidados de saúde
  • Aumentou e aprimorou os relatórios de eventos na linha de frente
  • Reduziu o custo do atendimento associado a eventos graves de segurança
  • Melhorou a detecção e o tratamento precoces da sepse

“À medida que continuamente descobrimos maneiras de melhorar a segurança do paciente e os resultados clínicos, procuramos estender essas práticas para outros sistemas de saúde em todo o mundo”, disse Stephen R. T. Evans, vice-presidente executivo, diretor de assuntos médicos e diretor médico da MedStar Health. “Estamos orgulhosos de nossa parceria com a Patient Safety Movement Foundation e sua missão de eliminar mortes evitáveis de pacientes em hospitais. Através do modelo de aprendizado compartilhado da APSS, todos os sistemas de saúde podem passar das informações para as ações.”

O UPMC, um dos maiores sistemas integrados de pagadores e prestadores de serviços dos EUA, inclui mais de 40 hospitais e 700 consultórios e ambulatórios. O UPMC desenvolveu novos modelos de assistência responsável, economicamente acessível e centrada no paciente. Esse foco está perfeitamente alinhado com a APSS da PSMF. Seu objetivo é oferecer o atendimento certo, da maneira certa, no momento certo para todos os pacientes.

“Nossa missão é fornecer consistentemente experiências de alta qualidade, seguras e compassivas para os pacientes”, disse Tami Minnier, diretora de qualidade do UPMC. “Nós nos esforçamos para sermos líderes na melhoria contínua da qualidade e segurança por meio de educação, melhores práticas, desenvolvimento de liderança e inovação”.

Essa abordagem resultou em melhorias significativas de qualidade e segurança para o sistema de saúde, incluindo uma redução nas infecções de corrente sanguínea associadas a acessos venosos centrais e por C. diff, uma redução de 9% na mortalidade por sepse, um aumento de quase 30% na conformidade com a higiene das mãos em todo o sistema e uma redução de 29% em produtos de sangue desperdiçados, graças a uma redução de transfusões não baseadas em evidências.

“Estamos muito satisfeitos em ver que os sistemas de saúde Dignity Health, MedStar Health e UPMC estão se unindo ao CHOC, Hospital Espanol, Parish Medical e UCI para serem os primeiros a implementar todas as soluções acionáveis para a segurança dos pacientes”, disse Joe Kiani, fundador e presidente do conselho diretor da PSMF. “Errar é humano, mas esses processos baseados em evidências podem evitar que erros humanos se tornem fatais”.

Mais de 4.600 hospitais em 46 países implementaram as soluções acionáveis para a segurança do paciente, desenvolvidas pelos grupos de trabalho da Patient Safety Movement Foundation. Para saber mais sobre o compromisso para a ação ou sobre a Patient Safety Movement Foundation, acesse o site patientsafetymovement.org.

Sobre a Patient Safety Movement Foundation

A cada ano, mais de 200.000 pessoas morrem desnecessariamente nos hospitais americanos. Em todo o mundo, 4,8 milhões de vidas são perdidas da mesma maneira. A Patient Safety Movement Foundation (PSMF) é uma entidade global sem fins lucrativos que oferece ferramentas gratuitas para que se alcance ZERO mortes evitáveis decorrentes de erros hospitalares. A Patient Safety Movement Foundation foi estabelecida a partir do apoio da Masimo Foundation for Ethics, Innovation, and Competition in Healthcare com o objetivo de reduzir a ZERO o número de mortes evitáveis. Melhorar a segurança do paciente exige um esforço de colaboração de todas as partes interessadas, o que inclui pacientes, prestadores de cuidados de saúde, empresas de tecnologia médica, governos, empregadores e pagadores privados. A Cúpula Mundial de Tecnologia, Ciência e Segurança do Paciente da PSMF reúne as melhores mentes do mundo para participar de discussões intelectualmente instigantes e gerar novas ideias para desafiar o status quo. Nossas Actionable Patient Safety Solutions, APSS (Soluções de Segurança do Paciente Acionáveis) oferecem processos baseados em evidências para ajudar os hospitais a eliminarem os erros. Nosso Open Data Pledge encoraja as empresas de tecnologia de cuidados com saúde a compartilharem os dados pelos quais seus produtos são adquiridos. Acesse patientsafetymovement.org.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

David Kodama
Cook + Schmid
dkodama@cookandschmid.com
619-814-2370 x17

Contacts

David Kodama
Cook + Schmid
dkodama@cookandschmid.com
619-814-2370 x17