GSMA PROMOVE AGENDA SOBRE INCLUSÃO DIGITAL DAS MULHERES COM COM FOCO NO G20

GSMA defende uma abordagem colaborativa para acabar com a exclusão de gênero na CSW62 como Topic Chair no Grupo de Afinidade W20

NOVA IORQUE--()--A GSMA (associação global do ecossistema móvel) apoia a sexagésima segunda sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW62), realizada neste mês na Sede das Nações Unidas, em Nova Iorque1, como parte do seu compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDGs), especialmente o SDG 5 (Igualdade de Gênero). O papel da GSMA no evento reflete seu status de Topic Chair da Inclusão Digital no grupo W20 (Women 20), 2que apresentará aos países membros as questões do G20 relacionadas à igualdade de gênero e ao empoderamento econômico das mulheres. Na CSW62, a GSMA e seus parceiros promoverão eventos paralelos abordando diversos tópicos relacionados ao assunto, reunindo empresas do ecossistema móvel, governos, agências das Nações Unidas e ONGs.

"Desenvolver políticas de longo prazo que promovam a inclusão digital das mulheres é essencial para alcançar a igualdade de gênero, fortalecendo as mulheres em todo o mundo e fornecendo um catalisador efetivo para o crescimento econômico", disse Mats Granryd, diretor geral da GSMA. "Como Topic Chair da Inclusão Digital dentro do W20, a GSMA desempenha um papel fundamental na união dos setores público e privado para acelerar o progresso global para reduzir a exclusão digital de gênero", acrescentou.

"As ideias e as políticas públicas por trás da tecnologia transformam nossa realidade", disse Susana Balbo, presidente do W20. "Acabar com as diferenças entre homens e mulheres no mundo digital, ao alcançar uma verdadeira inclusão e desenvolvimento em cada país, será uma das principais recomendações do W20 para o G20, e as tecnologias móveis oferecem uma excelente oportunidade para reverter a desigualdade atual", acrescentou.

Tecnologia móvel promove a inclusão digital de mulheres

Como Topic Chair do W20, a GSMA ajudará a liderar o debate que antecede a Cúpula G20 Argentina 2018, a ser realizada em Buenos Aires, de 30 de novembro a 1º de dezembro de 2018. Este trabalho envolverá a criação de fóruns de discussão com organizações internacionais e especialistas que ajudarão a elaborar as recomendações do W20 e influenciar os grupos de decisão do G20 a adotarem políticas em torno da igualdade de gênero. Alcançar a igualdade por meio da inclusão digital é um dos quatro objetivos estratégicos do W20, juntamente com inclusão trabalhista, inclusão financeira e desenvolvimento rural.

A conectividade móvel é considerada uma ferramenta chave para aumentar a inclusão digital, particularmente em mercados emergentes, onde a indústria móvel habilita as mulheres, fazendo com que elas se sintam mais seguras e conectadas, dando-lhes acesso às mais diversas informações e serviços para melhorar sua qualidade de vida. No entanto, ainda existe uma "diferença de gênero" considerável na propriedade e uso de dispositivos móveis. De acordo com o último relatório da GSMA, as mulheres em países de baixa e média renda têm, em média, uma chance 10 por cento menor de possuir um dispositivo móvel do que os homens, e estão 26 por cento menos propensas a usar a internet móvel.

De acordo com o Relatório Global sobre as Disparidades de Gênero 2017 3do Fórum Econômico Mundial, em relação às mulheres no local de trabalho em todo o mundo, a porcentagem de mulheres que trabalham na maioria das indústrias diminuiu em 2017, com uma significativa queda, particularmente no setor de tecnologia. O número de mulheres em cargos de liderança no setor de tecnologia e em papéis tecnológicos também é menor que em muitos outros setores, e a diferença salarial de gênero permanece ampla.

A GSMA apoia os esforços para acelerar a inclusão digital e financeira das mulheres ao participar do W20; da iniciativa EQUALS; do programa Mulheres Conectadas da GSMA; Women4Tech; da iniciativa Nós Ligamos na América Latina; e da campanha #BetterFuture.

Em 2016, a GSMA lançou a Iniciativa de Compromisso das Mulheres Conectadas por meio da qual as operadoras móveis assumem o compromisso formal de reduzir a diferença de gênero em suas bases de clientes de dinheiro móvel e/ou internet móvel até 2020. Atualmente, 36 operadoras móveis da África, Ásia e América Latina assumiram 51 compromissos, que até agora abrangem mais de 2,5 milhões de mulheres.

-FIM-

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras móveis do mundo inteiro, reunindo cerca de 800 operadoras e aproximadamente 300 empresas do amplo ecossistema móvel, incluindo fabricantes de aparelhos e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de Internet, assim como organizações de setores industriais adjacentes. A GSMA também realiza os principais eventos do setor, como o Mobile World Congress, o Mobile World Congress Shanghai, Mobile World Congress Americas e as conferências Mobile 360 Series.

Para mais informações, visite o site corporativo GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

1 http://www.unwomen.org/en/csw/csw62-2018

2 O W20 é um dos sete grupos de afinidade compostos por organizações da sociedade civil dos países membros do G20. Os grupos de afinidade se reúnem simultaneamente com o G20 para garantir que os líderes do G20 tenham em conta a posição dos principais referentes da sociedade civil em questões importantes. Para mais informações, visite http://w20argentina.com.

3 https://www.weforum.org/reports/the-global-gender-gap-report-2017

Contacts

Para a GSMA
Beau Bass
+44 79 7662 4962
beau.bass@webershandwick.com
ou
Assessoria de imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Contacts

Para a GSMA
Beau Bass
+44 79 7662 4962
beau.bass@webershandwick.com
ou
Assessoria de imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com