O único empreendedor chinês convidado - Por que o Global Peter Drucker Forum favorece Zhang Ruimin?

The Board of Directors of Haier Group (Photo: Business Wire)

VIENA--()--Com o rápido desenvolvimento da Internet das Coisas, big data, blockchain e outras tecnologias, as regras de negócios estão sendo reformuladas. Na 21a hora local, o 11o Global Peter Drucker Forum foi realizado em Viena com o tema “O poder dos Ecossistemas”. Zhang Ruimin, presidente do Conselho de Administração e CEO do Grupo Haier, foi o único empresário chinês convidado a participar deste fórum e também o único empresário a ser convidado por quatro vezes em cinco anos.

No início do século XXI , quando outros estavam construindo blocos para lidar com o impacto da revolução da informação, Zhang Ruimin criou uma plataforma sem fronteiras para empresas com o modelo Rendanheyi. O conceito de “Marca de Ecossistema” foi apresentado pela primeira vez no ano passado. O Grupo Haier foi listado como a única marca de ecossistema de IoT do mundo pela BrandZTM, banco de dados internacional confiável de brand equity (valor da marca). Ao contrário da Google, Amazon e outras empresas, que desenvolvem ecossistemas com dispositivos de hardware, a Haier desenvolve um ecossistema eterno.

"Esquentando" a marca de ecossistemas na Europa

A chegada da era de ecossistemas traz grandes mudanças ao ambiente industrial e às exigências dos usuários. Por um lado, a demanda por integração aumenta cada vez mais; por outro lado, os limites da indústria ficam cada vez mais incertos. Por isso, é necessário estabelecer o ecossistema ou ser derrotado por “fronteiras”.

No cenário de casa inteligente, a Haier atualizou os eletrodomésticos tradicionais para uma comunidade em rede ao entender a interconexão entre os usuários e o cenário. Por exemplo, na sala de estar, depois de dizer “Estou em casa”, tanto a cortina quanto a luz poderão ser abertas e acendidas automaticamente; não será mais necessário procurar em volta pelo controle remoto quando quiser assistir TV, você simplesmente pode dizer “Olá” ao Xiao U, que a TV ligará no canal que costuma assistir. Através de um ponto de contato com os eletrodomésticos, será possível ter uma experiência de vida inteligente personalizada e completa.

Ao mesmo tempo, a Haier também inicia ativamente a transformação do empoderamento em setores relacionados. Através da criação da IoC (Internet de Vestuário), IoF (Internet de Alimentos) e outros ecossistemas, a Haier abrangeu vários setores e cooperou com mais de 1.200 fornecedores de recursos.

Rompendo fronteiras e remodelando o crescimento da Haier

Existe uma lei de “diminuição da renda marginal”, mas a Haier quebrou o feitiço por parte dos usuários pagos. Os funcionários criarão valores de acordo com as exigências dos usuários. A Haier atrai parceiros de cooperação através do compartilhamento de valor agregado e realiza uma nova rodada de criação de valor agregado após obter o compartilhamento. É assim que a Haier constrói um sistema de crescimento positivo que dura para sempre.

Na era da Internet das Coisas, a competição entre empresas será atualizada para a competição entre ecossistemas. Tanto Zhang Ruimin quanto Peter Drucker perceberam isso, e por causa disso, a Haier assumiu a liderança em se transformar em um “ecossistema autocrescente, autolimpante e autoadaptável, como uma floresta tropical”. Em um futuro próximo, essas empresas surgirão como cogumelos.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.