A Grande China irá dominar o setor industrial de IoT no mundo, de acordo com um novo relatório da GSMA

O governo apoia 5G, IA e análise de dados para a transformação do setor industrial;
A GSMA Intelligence prevê 13,8 bilhões de conexões no IIoT até 2025, a nível global,
com a China representando um terço do mercado global

LONDRES--()--A GSMA publicou hoje um novo relatório, ‘The Industrial IoT in Greater China (A IoT industrial na Grande China), que destaca como a região está preparada para liderar o mercado mundial da Internet das Coisas (IIoT). O relatório detalhado é baseado em entrevistas com operadoras de telefonia móvel como a Asia Pacific Telecom Group, China Mobile, China Unicom, Far EasTone e Taiwan Mobile, que descrevem como a convergência entre altas velocidades de conexões de Internet, análise de dados, inteligência artificial (IA) e a Internet das Coisas (IoT) está transformando o setor industrial na região. A GSMA Intelligence prevê que haverá 13,8 bilhões de conexões da IIoT em todo o mundo até 2025. A Grande China é responsável por aproximadamente 4,1 bilhões dessas conexões ou um terço do mercado global.

“Essas novas tecnologias irão alterar fundamentalmente o modo como vivemos e trabalhamos, conectando virtualmente todos os dispositivos, tornando nossas cidades mais inteligentes e nossas vidas mais fáceis e produtivas”, comentou Alex Sinclair, diretor de tecnologia da GSMA. “A China está apostando alto na IIoT para aumentar a produtividade e impulsionar eficiências mediante a simplificação e automatização dos processos de fabricação através da conectividade com a Internet. Com respaldo do apoio positivo do governo, a China está pronta para se tornar líder mundial.”

A IIoT vai aumentar a produtividade ao combinar inteligência artificial, computação em nuvem e análises avançadas para automatizar processos de fabricação através da conectividade com a Internet. Isso permitirá que as fábricas monitorem e interpretem dados de linhas de produção e maquinário complexo em tempo real para antecipar falhas, gerenciar infraestrutura e reduzir os riscos. Os dados capturados irão estimular eficiências, otimizar a produtividade e reduzir os custos em muitos setores econômicos importantes além da fabricação, tais como energia e telecomunicações. A China também está avançando na área de IA, que, com o aprendizado automático, irá ajudar fábricas e empresas a gerenciar processos complexos e impulsionar a inovação.

Governo da China apoia a IIoT

O governo da China é uma importante força motriz por trás da adoção da IoT Industrial no país. Em 2015, o governo definiu sua estratégia "Made in China 2025", que visa impulsionar a inovação na fabricação, incluindo a IoT, aparelhos inteligentes e produtos eletrônicos de consumo sofisticados, e transformar a China de "uma grande casa de fabricação" em "uma super casa de fabricação” nos próximos 10 anos. O governo também revelou seu "Plano de Ação Internet Plus" em 2015 para integrar a Internet às indústrias tradicionais e criar um novo motor para o crescimento econômico, reunindo a Internet móvel, computação em nuvem, big data e IoT com fabricação moderna.

O papel dos operadores chineses

As operadoras móveis da China desempenharão um papel fundamental nesses desenvolvimentos, fornecendo conectividade segura, confiável e inteligente para empresas e organizações em todo o país. Os operadores da China serão parte integrante do desenvolvimento da IIoT e um parceiro estratégico e de grande valor para as cidades, governos e outras organizações. O programa da Internet das Coisas da GSMA está trabalhando em estreita colaboração com todas as operadoras, bem como com outros fornecedores do ecossistema, para apoiar e ajudar a acelerar a entrega de soluções IoT seguras e atrativas, incluindo redes de área ampla de baixa potência (LPWA), como LTE-M e NB-IoT, que estão ajudando a introduzir novos serviços inovadores em todo o país. O LTE-M e o NB-IoT desempenharão um papel fundamental no desenvolvimento de redes 5G e, em particular, "IoT massiva", que irá capacitar cidades inteligentes, automação industrial e outras aplicações envolvendo um grande número de dispositivos conectados.

Programa IoT no Mobile World Congress Shanghai 2018

O programa IoT da GSMA sediará sua 7a cúpula GSO Mobile IoT no Mobile World Congress Shanghai 2018. A cúpula vai explorar os mais recentes desenvolvimentos em redes LPWA em espectro licenciado à medida que eles estão sendo lançados em todo o mundo e abrangem temas como análise de dados, o impacto de 5G e segurança, entre outros. A cúpula será realizada no Auditório A, Hall N5, no Novo Centro Internacional de Exposições de Xangai (Shanghai New International Expo Centre, SNIEC). Para mais informações, acesse: www.gsma.com/iot/event/iot-summit-at-mobile-world-congress-shanghai-2018/. O programa também irá demonstrar uma série de produtos e serviços de IoT de vanguarda na GSMA Innovation City no Hall N5. Visite: www.gsma.com/iot/iot-mwcs18-innovation-city/.

Connected China no Mobile World Congress Shanghai 2018

O programa IoT da GSMA também sediará a "Connected China” (China Conectada) no Mobile World Congress Shanghai deste ano, reunindo algumas das empresas start-ups e desenvolvedoras mais inovadoras da China para mostrar seus produtos e soluções utilizando tecnologias Mobile IoT em LTE-M e NB-IoT. Haverá uma série de demonstrações interativas em seis principais aplicações verticais: IoT industrial, logística, agricultura inteligente, segurança contra incêndios, cidade inteligente e casa inteligente. A Connected China será realizada de 27 a 29 de junho no NEXTech Hall W5 no SNIEC. Para obter mais informações, acesse: www.gsma.com/iot/connected-china-at-mwc-shanghai-2018/.

Para fazer o download do relatório, acesse: www.gsma.com/iot/greater-china-industrial-iot-report/. Para mais informações sobre o programa IoT da GSMA, acesse: www.gsma.com/iot/

-FIM-

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras móveis em todo o mundo, unindo cerca de 800 operadores com mais de 300 empresas no ecossistema móvel mais amplo, incluindo fabricantes de celulares e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de Internet, bem como organizações em setores industriais adjacentes. A GSMA também produz eventos líderes do setor, como o Mobile World Congress, o Mobile World Congress de Xangai, o Mobile World Congress das Américas e conferências do Mobile 360 Series.

Para obter mais informações visite o site corporativo da GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Contatos de mídia:
Para a GSMA
Ava Lau
+852 2533 9928
alau@webershandwick.com
ou
Beau Bass
+44 79 7662 4962
beau.bass@webershandwick.com
ou
Escritório de imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Contacts

Contatos de mídia:
Para a GSMA
Ava Lau
+852 2533 9928
alau@webershandwick.com
ou
Beau Bass
+44 79 7662 4962
beau.bass@webershandwick.com
ou
Escritório de imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com