Novos estudos patrocinados pela ResMed mostram que mudar para PAP de dois níveis salva 56% dos pacientes de encerramento da terapia

O estudo "Socorro em dois níveis" foi apresentado na conferência SLEEP 2018

BALTIMORE--()--Um novo estudo revela que a mudança de pacientes que estão lutando com a aderência à terapia de pressão aérea positiva (positive airway pressure, PAP) para um equipamento mais avançado em dois níveis nos primeiros 90 dias de tratamento é uma ferramenta eficaz para alcançar a aderência em bem mais da metade destes casos.

A pesquisa, patrocinada pela ResMed (NYSE: RMD, ASX: RMD), foi apresentada esta semana na SLEEP, uma reunião conjunta da American Academy of Sleep Medicine e da Sleep Research Society.

Pacientes diagnosticados com apneia do sono normalmente têm como prescrição um equipamento PAP que fornece pressão contínua (CPAP) ou auto ajustável (APAP)., Um equipamento em dois níveis entrega duas pressões distintas, uma para inalação outra para exalação. Os médicos podem prescrever os dois níveis para os pacientes que são intolerantes à pressão ou têm evidência de apneia em altas pressões.

Neste estudo "Socorro em dois níveis", a ResMed comparou 1496 pacientes não conformes (como definido pelas orientações U.S. Medicare) que mudaram para a terapia em dois níveis e descobriram que esta conformidade foi alcançada por:

  • 58,5% dos pacientes que mudaram antes do 60º dia
  • 54,2% dos pacientes que mudaram entre o 60º e o 90º dias
  • 56,8% dos paciente em geral

"Encontrar o modo correto da terapia faz toda a diferença para aqueles pacientes que estão lutando com a aderência inicial à terapia" disse o Dr. Carlos M. Nunez, diretor médico da ResMed. "Isso indica claramente que os equipamentos em dois níveis fornecem uma terapia alternativa poderosa que os médicos e HMEs podem usar para melhorar a experiência do tratamento e os resultados em pacientes não conformes."

Detalhes do estudo

Conformidade com a terapia de pressão de ar positiva depois de mudar de CPAP para dois níveis para pacientes OSA não conformes: uma análise de grandes dados: Um equipamento PAP de telemonitorização da base de dados foi pesquisado para todos os pacientes iniciados em terapia CPAP ou APAP (pressão de ar positiva automática) entre 1º de janeiro de 2015 e 31 de julho de 2016 e que não estavam conformes com a Medicare e mudaram para a terapia PAP em dois níveis dentro dos primeiros 90 dias da terapia. Dados anônimos de todos os pacientes em terapia PAP foram comparados antes e depois da mudança. Os objetivos deste estudo foram comparar a média de uso diário, aderência (percentual de dias em que o uso foi ≥4 horas), vazamento não intencional da máscara, e eficácia do PAP (eventos residuais) antes e depois da mudança para a terapia PAP em dois níveis, bem como a avaliação de conformidade usando as orientações Medicare. Um Conselho de avaliação institucional (Institutional Review Board, IRB) avaliou este protocolo e determinou que o protocolo está isento de supervisão IRB.

Leia a íntegra do resumo deste estudo aqui (páginas A198–199).

Sobre a ResMed

A ResMed (NYSE: RMD, ASX: RMD), empresa líder mundial em saúde conectada com mais de cinco milhões de dispositivos conectados em nuvem para monitoramento remoto diário de pacientes, transforma vidas em todos os momentos. Seus premiados dispositivos e soluções de software ajudam a tratar e administrar a apneia de sono, a doença pulmonar obstrutiva crônica e outras doenças respiratórias. Com mais de seis mil integrantes, sua equipe se dedica a melhorar a qualidade de vida de pacientes, reduzir o impacto de doenças crônicas e economizar custos de saúde em mais de 120 países. ResMed.com

Conformidade Medicare, conforme definido pelo U.S. Center for Medicare & Medicaid Services, exige uso do PAP por 4 horas ou mais por noite para 70% das noites em um espaço de 30 dias nos primeiros 90 dias de terapia.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

ResMed
Para a mídia:
Jayme Rubenstein, +1 858.836.6798
news@resmed.com
ou
Para investidores:
David Pendarvis, +1 858.836.5000
investorrelations@resmed.com

Contacts

ResMed
Para a mídia:
Jayme Rubenstein, +1 858.836.6798
news@resmed.com
ou
Para investidores:
David Pendarvis, +1 858.836.5000
investorrelations@resmed.com