Broad Institute do MIT e de Harvard entre os participantes da facilitação de licenciamento conjunto CRISPR-Cas9 da MPEG LA

Solicitações de patentes continuam a ser aceitas

DENVER--()--Líder mundial em licenciamento, a MPEG LA, LLC tem o prazer de anunciar que importantes detentores de patentes CRISPR apresentaram patentes em resposta à chamada da MPEG LA para participar da criação de uma plataforma de licenciamento conjunto global CRISPR-Cas9 e solicitações de patentes continuam sendo aceitas.

“A resposta entusiástica à iniciativa de criação de um banco de patentes é mais uma prova da opinião generalizada de que CRISPR é importante demais para ser deixada à mercê de intermináveis guerras de patentes e regimes de licenciamento fragmentados, e que um sistema conjunto que ofereça eficiência e a previsibilidade de um licenciamento centralizado para cientistas e empresas em todo o mundo é a melhor esperança para desencadear seu potencial de melhoria de qualidade de vida”, disse Larry Horn, presidente e diretor executivo da MPEG LA. “Uma vez que o objetivo da MPEG LA é oferecer um acesso mundial a tantas propriedades intelectuais CRISPR quanto possível e o mercado se beneficiará com os pontos de vista de todos os interessados nesta oportunidade inicial voluntária para determinar o futuro da CRISPR, a porta permanece aberta e solicitações adicionais de patentes continuam a ser bem vindas.”

Entre aqueles que concordaram em participar, a MPEG LA dá as boas vindas para o Broad Institute do MIT e de Harvard, que apresentaram importantes patentes CRISPR-Cas9 para consideração com co-proprietários: a Universidade de Harvard, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts e a Universidade Rockefeller.

“Apoiamos integralmente tornar a tecnologia CRISPR amplamente disponível”, disse Issi Rozen, diretor de Negócios do Broad Institute. “O Broad Institute já licencia CRISPR-Cas9 de forma não exclusiva para todas as aplicações, com exceção de terapias humanas, onde limitamos significativamente a exclusividade. Esperamos ansiosamente poder trabalhar com outros para assegurar o acesso mais amplo possível para todas as mais importantes propriedades intelectuais CRISPR.”

“Independentemente do resultado dos vários procedimentos legais e administrativos nos Estados Unidos e Europa, muitas patentes CRISPR de propriedade de muitas entidades diferentes ficarão pendentes e várias licenças ainda serão necessárias”, acrescentou Kristin Neuman, diretor executivo de Licenciamento de biotecnologia na MPEG LA. “Empresas que realizam pesquisa e desenvolvimento em todo o mundo, inclusive aquelas que atualmente detêm licenças exclusivas, se beneficiarão da transparência de um sistema conjunto e da possibilidade de licenciar as patentes necessárias em uma única transação, em termos justos e previsíveis.”

Incentivamos os detentores de patentes a acessar http://www.mpegla.com/main/pid/CRISPR/default.aspx para obter os termos e procedimentos que regulamentam as solicitações e a elegibilidade. Pelo menos uma patente patrimonial elegível é necessária para participar do processo de desenvolvimento de licença e a elegibilidade será determinada pela MPEG LA, sem custo para os remetentes. Exceto pela confidencialidade, a participação é sem obrigação ou compromisso, até o momento em que um proprietário de patente elegível decida se juntar à licença.

MPEG LA, LLC

A MPEG LA é a maior fornecedora mundial de licenças “one-stop” para padrões e outras plataformas de tecnologia. Atuando desde a década de 1990, a empresa foi a pioneira do pool de patentes dos dias de hoje, ajudando a produzir os padrões mais amplamente utilizados da história dos produtos eletrônicos de consumo. A MPEG LA opera programas de licenciamento para as mais diversas tecnologias, com mais de 14 mil patentes em 84 países, cerca de 230 titulares de patentes e mais de seis mil licenciados. Ao auxiliar os usuários com a implementação de suas opções de tecnologia, a MPEG LA oferece soluções de licenciamento que proporcionam acesso a propriedade intelectual fundamental, liberdade de operação, riscos reduzidos de litígios e previsibilidade no processo de planejamento de negócios. Já para inventores, instituições de pesquisa e outros proprietários de tecnologia, isso possibilita monetizar e agilizar a adoção de seus ativos no mercado para um mercado mundial, ao mesmo tempo reduzindo substancialmente o custo de licenciamento. A MPEG LA está desenvolvendo sistemas conjuntos de patentes para edição de gene pelo método CRISPR e tecnologias avançadas de bateria, e concebeu emrpeendimentos de licenciamento para diagnóstico molecular e terapêutica do oligonucleotídeos. Para obter mais informações, acesse www.mpegla.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

MPEG LA, LLC
Tom O’Reilly, 303-200-1710
Fax: 301-986-8575
toreilly@mpegla.com

Contacts

MPEG LA, LLC
Tom O’Reilly, 303-200-1710
Fax: 301-986-8575
toreilly@mpegla.com