Novo estudo investiga a utilidade clínica do ORi™, Oxygen Reserve Index™ da Masimo

NEUCHÂTEL, Suíça--()--A Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje os achados de um resumo apresentado no recente Encontro Anual da International Anesthesia Research Society (IARS), em Washington, DC. Nesse estudo, os pesquisadores da UC Davis School of Medicine avaliaram a utilidade clínica potencial do Oxygen Reserve Index™ (ORi™) da Masimo como um aviso precoce de dessaturação da hemoglobina arterial em pacientes criticamente doentes.1

O ORi é um indicador da pressão parcial do oxigênio no sangue arterial (PaO2) na faixa de 100 a 200 mmHg. O ORi tem a intenção de suplementar, não substituir, o monitoramento da saturação do oxigênio (SpO2) e a medição da PaO2. Como um parâmetro “índice” com uma escala sem unidade entre 0 e 1, o ORi pode ser tendencial e tem alarmes opcionais para notificar os médicos sobre alterações na reserva de oxigênio do paciente.

No estudo prospectivo, colaborativo e observacional, o Dr. Leonard Lee e colegas registraram 40 pacientes adultos graves que foram agendados para procedimentos cirúrgicos eletivos que exigem intubação endotraqueal e colocação de cateter de monitoramento da pressão arterial planejada antes da indução de anestesia geral. Os valores do ORi dos pacientes foram medidos usando um Masimo Radical-7® Pulse CO-Oximeter®. Os pesquisadores registraram o tempo transcorrido do início do alarme do ORi (ativado pela redução do valor absoluto e taxa de alteração no ORi) até 94% de saturação de oxigênio, assim como o tempo transcorrido de 98% a 94% de saturação. O intervalo de tempo médio entre o início do alarme ORI e 98% de saturação foi considerado o aumento médio do tempo de aviso fornecido pelo ORi.

Os pesquisadores determinaram que, entre os pacientes, o tempo médio de início do alarme do ORi até 94% de saturação de oxigênio foi de 80±38 segundos (variando de 29 a 227 segundos). O tempo médio entre saturação de 98% e 94% foi de 46±23 segundos (variando de 12 a 108 segundos). Portanto, a média do aumento no tempo de aviso fornecido pelo ORi foi de 34±23 segundos (variando de 4 a 119 segundos). Com base em porcentagem, o aumento fornecido pelo ORi foi de 96%±92% (variando de 5% a 479%).

Os pesquisadores concluíram que o estudo “demonstra a utilidade potencial do ORi como um aviso precoce de dessaturação arterial e como um complemento ao SpO2. Esse tempo de advertência adicional pode traduzir-se na melhoria da segurança do paciente, permitindo chamadas por ajuda mais rápidas, assistência de uma pessoa mais experiente ou modificação do gerenciamento das vias aéreas. Para essa análise, definimos um aviso antecipado que termine em 98% SpO2. Em situações clínicas, essa SpO2 pode não ser considerada crítica. O uso de uma SpO2 mais baixa como nível de alarme aumentaria o aviso precoce fornecido pelo ORi. Mais análises da correlação de ORi e PaO2, o uso do ORi como um guia para pré-oxigenação e sua utilidade em obesos mórbidos são áreas para futuros estudos.”

Em outro estudo recente, os pesquisadores do Children’s Medical Center em Dallas, Texas, concluíram que o ORi poderia fornecer aos médicos uma média de 31,5 segundos de antecipação no aviso sobre dessaturação iminente em pacientes pediátricos com apneia induzida depois da pré-oxigenação.2

O ORi não recebeu liberação do FDA 510(M) e não está disponível para venda nos Estados Unidos.

@MasimoInnovates | #Masimo

Referências
 
    1.   Lee L, Singh A, Applegate R, and Fleming N. Oxygen Reserve Index: An early warning for desaturation in critically ill patients. Anais do Encontro Anual de 2017 da IARS, Washington, DC. Abstract #A1406.
2. Szmuk P et al. Oxygen Reserve Index A Novel Noninvasive Measure of Oxygen Reserve—A Pilot Study. Anesthesiology. 4 2016, Vol. 124, 779-784. doi:10.1097/ALN.0000000000001009.

Sobre a Masimo

Masimo (NASDAQ: MASI) é uma líder global em tecnologias inovadoras de monitoramento não invasivo. Nossa missão é melhorar os resultados dos pacientes e reduzir os custos do tratamento. Em 1995, a empresa lançou o oxímetro de pulso Masimo SET® Measure-through Motion and Low Perfusion™, que demostrou, em múltiplos estudos, reduzir significativamente os alarmes falsos e monitorar com precisão para alarmes reais. O SET® da Masimo também demonstrou ajudar os médicos a reduzir a retinopatia severa da prematuridade em neonatos,1 melhorar a triagem CCHD em recém-nascidos,2 e, quando usado para monitoramento contínuo com Masimo Patient SafetyNet™* em salas pós-cirúrgicas, reduzir ativações de resposta rápida e custos.3,4,5 Estima-se que o Masimo SET® seja usado em mais de 100 milhões de pacientes nos principais hospitais e outros locais de atendimento médico ao redor do mundo,6 e é a principal oximetria de pulso em 16 dos 20 melhores hospitais listados na News and World Report Best Hospitals Honor Roll dos EUA em 2016-17.7 Em 2005, Masimo introduziu a tecnologia rainbow® Pulse CO-Oximetry, permitindo monitoramento não invasivo e contínuo dos constituintes do sangue que, anteriormente, somente podiam ser medidos de forma invasiva, incluindo a hemoglobina total (SpHb®), conteúdo de oxigênio (SpOC™), carboxihemoglobina (SpCO®), metemoglobina (SpMet®) e, mais recentemente, o índice de variabilidade de Pleth (PVi®) e o Índice de reserva de oxigênio (ORi™), além da SpO2, frequência cardíaca e índice de perfusão (perfusion index, PI). Em 2014, a Masimo introduziu a Root®, uma plataforma intuitiva de monitoramento e conectividade do paciente com a interface Masimo Open Connect™ (MOC-9™), permitindo que outras empresas aprimorassem o Root com novos recursos e capacidades de medição. A Masimo também está assumindo um papel de liderança ativa em mHealth com produtos como o monitor portátil de paciente Radius-7™, o oxímetro de pulso iSpO2® para smartphones e o oxímetro de pulso de dedo MightySat™. Informações adicionais sobre a Masimo e seus produtos podem ser encontrados no site www.masimo.com. Estudos clínicos publicados sobre os produtos da Masimo podem ser encontrados no site http://www.masimo.com/cpub/clinical-evidence.htm.

*O uso da marca Patient SafetyNet está sob licença da University HealthSystem Consortium.

Referências
     
1. Castillo A et al. Prevention of Retinopathy of Prematurity in Preterm Infants through Changes in Clinical Practice and SpO2 Technology. Acta Paediatr. 2011 Feb;100(2):188-92.
2. de-Wahl Granelli A et al. Impact of pulse oximetry screening on the detection of duct dependent congenital heart disease: a Swedish prospective screening study in 39,821 newborns. BMJ. 2009;338.
3. Taenzer AH et al. Impact of Pulse Oximetry Surveillance on Rescue Events and Intensive Care Unit Transfers: A Before-And-After Concurrence Study. Anesthesiology. 2010; 112(2):282-287.
4. Taenzer AH et al. Postoperative Monitoring – The Dartmouth Experience. Anesthesia Patient Safety Foundation Newsletter. Spring-Summer 2012.
5. McGrath SP et al. Surveillance Monitoring Management for General Care Units: Strategy, Design, and Implementation. The Joint Commission Journal on Quality and Patient Safety. 2016 Jul;42(7):293-302.
6. Estimativa: Dados em arquivo da Masimo.
7.

http://health.usnews.com/health-care/best-hospitals/articles/best-hospitals-honor-roll-and-overview.

Declarações prospectivas

Este comunicado para a imprensa inclui declarações prospectivas conforme definidos na seção 27A do Securities Act de 1933 e seção 21E do Securities Exchange Act de 1934, em conexão com o Private Securities Litigation Reform Act de 1995. Essas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações com relação à eficácia potencial do ORi™ da Masimo. Essas declarações prospectivas são baseadas nas expectativas atuais sobre eventos futuros que nos afetam e estão sujeitas a riscos e incertezas, que são difíceis de prever e muitas das quais estão além do nosso controle e podem fazer com que nossos resultados reais sejam diferentes material e negativamente daqueles expressos em nossas declarações prospectivas como resultado de vários fatores de risco, incluindo, entre outros: riscos relacionados a nossos pressupostos quanto à repetibilidade dos resultados clínicos; riscos relacionados à nossa crença de que as tecnologias únicas de medição não invasiva da Masimo, incluindo o Masimo ORi, contribuem para resultados clínicos positivos e para a segurança do paciente; assim como outros fatores discutidos na seção "Fatores de Risco" dos nossos relatórios mais recentes arquivados na Securities and Exchange Commission ("SEC"), que podem ser obtidos gratuitamente no site da SEC www.sec.gov. Apesar de acreditarmos que as expectativas refletidas nas declarações prospectivas sejam razoáveis, não sabemos se nossas expectativas provar-se-ão corretas. Todas as declarações prospectivas incluídas nesse comunicado para a imprensa são expressamente qualificadas em sua totalidade por declarações cautelares precedentes. Você é advertido de não depositar confiança indevida nestas declarações prospectivas, que falam apenas até a data de hoje. Não assumimos qualquer obrigação de atualizar, alterar ou esclarecer essas declarações ou os "Fatores de Risco" contidos em nossos relatórios mais recentes arquivados na SEC, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra forma, exceto conforme necessário sob as leis de segurança aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Masimo
Evan Lamb, 949-396-3376
elamb@masimo.com

Contacts

Masimo
Evan Lamb, 949-396-3376
elamb@masimo.com