GSMA pede redução de preços de espectro em Bangladesh para redes de banda larga móvel a preços acessíveis

Altas taxas do governo representam um desafio à capacidade dos operadores para expandir serviços

DHAKA, Bangladesh--()--A GSMA manifestou hoje sua preocupação sobre o plano do Governo do Bangladesh para impor taxas de licenciamento de 4G à frente da próxima rodada de leilões de espectro. A decisão apresentaria um desafio significativo para o cumprimento dos objetivos de uma "Bangladesh Digital” e causaria um impacto sobre o futuro dos serviços de banda larga móvel em Bangladesh.

De acordo com a GSMA, no entanto, existe uma necessidade de reduzir a carga dos impostos a fim de facilitar a implantação de serviços de voz e dados para o povo de Bangladesh. As operadoras móveis já são atualmente responsáveis por vários impostos e taxas que afeta que afetam o crescimento1.

“Uma nova investigação relaciona os altos preços do espectro com serviços móveis de menor qualidade. Em síntese, as operadoras móveis têm menos capital disponível para novas redes e serviços", disse Brett Tarnutzer, diretor de espectro, GSMA. "Taxas de espectro razoáveis são fundamentais para alcançar os objetivos da Bangladesh Digital. Os operadores devem ser capazes de utilizar seus recursos para construir redes de serviços móveis de alta qualidade.”

O maior valor do espectro é percebido quando utilizado por tecnologia móvel e dispositivos para fornecer oportunidades sociais e econômicas para todos os cidadãos de Bangladesh. Somente em 2015, a indústria móvel contribuiu com 6,2% para o PIB do Bangladesh2.

“A proposta para impor taxas crescentes além das já altas taxas de juros pode dissuadir os operadores de adquirir o espectro tão necessário. Índia, Gana, Moçambique e Senegal são exemplos recentes de países onde o espectro de 4G não foi vendido", acrescentou Tarnutzer. "Isso seria extremamente prejudicial não só para a indústria móvel do Bangladesh, mas também para toda a economia do país, privando os cidadãos e as empresas na Índia de desfrutar todo o potencial de serviços de banda larga móvel de alta qualidade.”

Em virtude dos altos níveis de investimento em serviços de infraestrutura e tecnologia já assumidos pelos operadores, a GSMA insta o Governo a reconsiderar a proposta de preço de licenciamento de espectro 4G a fim de refletir as realidades do mercado local e as metas do Governo. Isso é essencial para facilitar o investimento adicional e desenvolvimento de infraestrutura necessários para alcançar uma Bangladesh digital.

-FIM-

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras de telefonia móvel do mundo inteiro, reunindo cerca de 800 operadoras de aproximadamente 300 empresas do amplo ecossistema da tecnologia móvel, incluindo fabricantes de aparelhos e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de Internet, assim como organizações de setores industriais adjacentes. A GSMA também realiza os principais eventos do setor, como o Mobile World Congress, o Mobile World Congress Shanghai, Mobile World Congress para toda a América e as conferências Mobile 360 Series.

Para mais informações, visite o site corporativo da GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

1 "Effective Spectrum Pricing: Supporting better quality and more affordable mobile services", relatório GSMA, fevereiro de 2017 (URL: http://www.gsma.com/spectrum/wp-content/uploads/2017/02/Effective-Spectrum-Pricing-Full-Web.pdf)

2 "Economic Impact: Bangladesh Mobile Industry", relatório da GSMA, janeiro de 2017 (URL: http://www.gsma.com/spectrum/wp-content/uploads/2017/01/Economic-Impact-Bangladesh-Mobile-Industry.pdf)

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Para a GSMA
Ben Evetts
+65 6825 8016
BEvetts@webershandwick.com
ou
Sophie Waterfield
+44 77 7945 9923
Sophie.Waterfield@webershandwick.com
ou
GSMA Press Office
pressoffice@gsma.com

Contacts

Para a GSMA
Ben Evetts
+65 6825 8016
BEvetts@webershandwick.com
ou
Sophie Waterfield
+44 77 7945 9923
Sophie.Waterfield@webershandwick.com
ou
GSMA Press Office
pressoffice@gsma.com