Nós Cuidamos do Chile: operadoras de telefonia móvel lançam campanha para preparação e resposta em situações de desastre

Claro, Entel e Movistar assinam a Carta de Conectividade Humanitária da GSMA para intensificar a coordenação bem como preparação e resposta padronizadas antes, durante e após um desastre natural

SANTIAGO, Chile--()--A GSMA anunciou hoje que as operadoras de telefonia móvel Claro, Entel e Movistar se tornaram as mais recentes signatárias da Carta de Conectividade Humanitária da GSMA, que faz parte da campanha "Nós Cuidamos do Chile" e reforça o compromisso do setor com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (SDGs). O objetivo final da Carta é fortalecer o acesso à comunicação e informação aqueles afetados por crises, ajudando a reduzir a perda de vidas e contribuir positivamente com respostas humanitárias. Através desta iniciativa conjunta da indústria, com suporte da Subsecretaria de Telecomunicações do Chile (SUBTEL), as operadoras de telefonia móvel irão lançar uma campanha de conscientização por mídias sociais e digitais a fim de destacar e reforçar as melhores práticas para a preparação e resposta diante de desastres, particularmente em áreas vulneráveis.

“A colaboração do setor através da campanha Nós Cuidamos do Chile é fundamental para possibilitar o pleno potencial da telefonia móvel em preparação e respostas às emergências causadas por desastres naturais”, disse Sebastián Cabello, diretor da GSMA na América Latina. “Estamos felizes por ver que a indústria da telefonia móvel do Chile está se unindo à rede da Carta de Conectividade Humanitária da GSMA para trabalhar de mãos dadas com o setor público e dar suporte às SDGs.”

A Carta de Conectividade Humanitária estabelece os princípios compartilhados de compromissos e ações, que incluem:

  • Aumentar a coordenação dentro e entre as operadoras de redes de telefonia móvel antes, durante e após um desastre;
  • Escalar e padronizar atividades de preparação e resposta por meio da indústria, permitindo uma resposta mais previsível; e
  • Reforçar parcerias entre a indústria de telefonia móvel, governo e setores humanitários.

“Como país, alcançamos marcos importantes, como o Sistema de Alertas de Emergência, Protocolo de Ações diante de Desastres e outras ações para ajudar vítimas de desastres naturais, considerando que este compromisso é um novo e importante passo destinado à construção de uma cooperação real público-privada. Ao fazer isto, seremos capazes de responder melhor aos chilenos, com ações preventivas através de nossos canais de comunicação em massa. Na Claro, estamos comprometidos com o país e com a ação Nós Cuidados do Chile, com foco em continuar a intensificar o impacto que podemos ter através das telecomunicações”, disse Cristian Salgado, diretor de Assuntos Jurídicos e Regulatórios na Claro Chile.

“A Entel nasceu do maior terremoto no Chile em 1960 e, por isso, sabemos que a conectividade é particularmente importante em situações de emergência ou catástrofes. Neste sentido, reforçamos a autonomia de nossas redes, de modo que mesmo se houver problemas de energia, será possível manter a rede ativa para os nossos usuários. Temos geradores de força portáteis em todas as regiões para reforçar quaisquer questões de energia. Estes passos complementam outros passos tomados para assegurar que os nossos clientes permaneçam conectados durante períodos de emergência. Além disto, treinamos líderes sociais de todo o país para saber como melhorar o uso de redes neste tipo de situação”, afirmou Manuel Araya, gerentes de Assuntos Regulatórios e Corporativos da Entel.

“Na Movistar, temos um forte comprometimento e sabemos como é importante para as pessoas ter acesso às comunicações, especialmente em casos de emergência. Portanto, a partir do terremoto de 2010, desenvolvemos um Protocolo de Ações contra Desastres que ativa uma estratégia completa de recuperação da conectividade nestas situações, bem como implementa uma série de práticas efetivas e oportunas para beneficiar usuários afetados”, disse Roberto Muñoz, gerente geral da Movistar Chile.

“Para a Global Compact das Nações Unidas, a participação de setores privados é essencial para contribuir com as SDGs. Neste caso, temos um grande exemplo da indústria de telefonia móvel, que chegou a um acordo e está seriamente comprometida em contribuir com as metas desta agenda global. Na Global Compact estamos orgulhosos que empresas chilenas de telefonia móvel, independentemente da concorrência comercial, se uniram hoje por um objetivo do país”, disse Margarita Ducci, diretora executiva da Global Compact Network das Nações Unidas no Chile.

A campanha "Nós Cuidamos" da GSMA é uma iniciativa das principais operadoras de telefonia móvel na América Latina a fim de assegurar a todos os seus usuários a possibilidade de desfrutar dos benefícios de mudança de vida a partir da tecnologia de telefonia móvel em um ambiente seguro. Para alcançar isto, as operadoras decidiram unir forças como uma indústria e assumir uma série de compromissos em cada país na região onde celulares e redes podem proporcionar soluções para problemas sociais. A campanha "Nós Cuidamos" já foi lançada, com diversas iniciativas na Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Honduras, México e Nicarágua e continuarão a se propagar em toda a região.

A Carta de Conectividade Humanitária foi lançada no Congresso Mundial de Telefonia Móvel em 2015 e atualmente inclui 108 operadoras signatárias em 77 países.

-FIM-

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras de telefonia móvel do mundo inteiro, reunindo cerca de 800 operadoras de aproximadamente 300 empresas do amplo ecossistema da tecnologia móvel, incluindo fabricantes de aparelhos e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de Internet, assim como organizações de setores industriais adjacentes. A GSMA também realiza os principais eventos do setor, como o Mobile World Congress, o Mobile World Congress Shanghai, Mobile World Congress para toda a América e as conferências Mobile 360 Series.

Para mais informação, visite o site corporativo da GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Mídia:
GSMA
Mauro Accurso: +54 (9)11 3251 9811
maccurso@gsma.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Contacts

Mídia:
GSMA
Mauro Accurso: +54 (9)11 3251 9811
maccurso@gsma.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com