Kingsland Holdings emite declaração a respeito das solicitações jurídicas da Synergy Aerospace

Em defesa ao pedido de investigação acelerada, Synergy reconhece que negocia com a United para emprestar centenas de milhões de dólares

NASSAU, Bahamas--()--A Kingsland Holdings Limited (“Kingsland”), acionista minoritária da Avianca, emitiu hoje uma declaração em resposta aos pedidos judiciais para negar a solicitação de investigação acelerada da Kingsland. A Companhia busca essa investigação juntamente com sua moção para uma medida cautelar preliminar para impedir que o acionista majoritário da Avianca, Synergy Aerospace Corp. ("Synergy") e Germán Efromovich prossigam com a tentativa ilegal de seguir com a transação com a United, que beneficie principalmente, Efromovich e a Synergy.

"Em seus documentos, a Synergy admite que negocia ativamente com a United para obter um empréstimo para si como parte de uma transação da United-Avianca, exatamente como a Kingsland alegou em seu processo. A empresa se limita a contestar a terminologia utilizada para descrever as negociações e o montante do empréstimo em discussão. Porém, qualquer empréstimo é impróprio e prejudicial para a Avianca e seus acionistas. A Synergy reconheceu um fato central ao pedido de liminar da Kingsland: como alegado, a companhia está usando seu controle da Avianca para obter benefícios da United para si, como parte do preço para a United entrar em uma joint venture com a Avianca. A organização está utilizando, para benefício próprio, uma oportunidade corporativa - a disposição da United de pagar centenas de milhões de dólares por uma joint venture - que pertence à Avianca e a todos os seus acionistas. Estas ações apresentam um risco significativo à Avianca e levaram a Kingsland a tomar medidas para proteger a companhia aérea e seus acionistas minoritários de danos maiores."

Em 28 de fevereiro, a Kingsland entrou com uma ação no Tribunal de Nova York contestando a conduta da Synergy e de Efromovich em relação à Avianca.

Como uma acionista significativa, a Kingsland Holdings está empenhada no sucesso a longo prazo da Avianca e prossegue com essa ação com o objetivo de proteger a sustentabilidade da empresa e preservar os interesses de todos os acionistas minoritários. Infelizmente, Germán Efromovich não compartilha desse compromisso. Ignorando sua obrigação fiduciária com os acionistas da Avianca, ele está negociando um acordo com a United Airlines para benefício próprio, sob o qual centenas de milhões de dólares da United serão transferidos diretamente para a sua holding, a Synergy Aerospace Corporation, com potencialmente nenhum produto da operação beneficiando a Avianca. Este é apenas o último exemplo de transação para benefícios próprios (“self-dealing”) de Germán Efromovich à custa de outros acionistas e a Kingsland está determinada que será o seu último.

Contacts

Informações para imprensa
Finsbury
Kerry Golds, +1-646-805-2811
kerry.golds@finsbury.com
ou
Burson-Marsteller
Andrés Ávila, +1-646-204-5607
Andres.Avila@bm.com

Contacts

Informações para imprensa
Finsbury
Kerry Golds, +1-646-805-2811
kerry.golds@finsbury.com
ou
Burson-Marsteller
Andrés Ávila, +1-646-204-5607
Andres.Avila@bm.com