Reply: O Conselho aprova a Demonstração financeira para o ano de 2016

Todos os indicadores econômicos melhoraram

  • Volume de negócios consolidado de € 780,7 milhões (705,6 em 2015);
  • EBITDA de € 106,4 milhões (98,7 em 2015);
  • EBIT de € 99,6 milhões (90,6 em 2015);
  • Lucro líquido do Grupo de € 67,5 milhões (56,7 em 2015).

A distribuição do dividendo proposto de € 1,15 por ação aprovada

TURIN, Itália--()--Hoje, o Conselho da Reply S.p.A. [MTA, STAR: REY] aprovou a Demonstração financeira para o ano de 2016, que será enviada para aprovação na Reunião de acionistas agendada, em primeira convocação, para o dia 21 de abril de 2017 em Turin.

O Reply Group fechou 2016 com um volume de negócios consolidado de € 780,7 milhões, um aumento de 10,6% em comparação aos € 705,6 milhões de 2015.

O EBITDA fechou em € 106,4 milhões (€ 98,7 milhões em 2015), enquanto o EBIT fechou em € 99,6 milhões (€ 90,6 milhões em 2015).

O lucro líquido do Grupo foi de € 67,5 milhões, um aumento de 19% em relação aos € 56,7 milhões registados em 2015.

Seguindo os resultados alcançados em 2016, o Conselho de diretores decidiu propor a distribuição de um dividendo de € 1,15 por ação para a próxima Reunião de acionistas, que será pago até o dia 10 de maio de 2017, com a data do dividendo marcada para 8 de maio de 2017 (data do registro: 9 de maio de 2017).

No dia 31 de dezembro de 2016, a posição do lucro líquido do Grupo foi positiva, em € 28,8 milhões. No dia 30 de setembro de 2016, a posição do lucro líquido foi positiva, em € 42,2 milhões.

“Em 2016”, disse Mario Rizzante, presidente da Reply, “nós vimos uma emergência definitiva de revolução digital: não há mais nenhum setor industrial, de processamento ou de serviços que não tenha repensado os seus processos, reformulando-os com base nos componentes tecnológicos e digitais. Esta mudança de paradigma afetou não apenas os consumidores finais, mas as consultorias também precisaram renovar radicalmente e estender o seu portfólio de produtos e serviços, reajustando-se a demandas mais atuais e complexas”.

Rizzante continua: "A Reply sempre investiu para posiciona-se na fronteira tecnológica e os tópicos que muitos começaram a discutir recentemente, como inteligência artificial, Big Data, aprendizagem automática, realidade misturada, Indústria 4.0 e a Internet das coisas já são, para nós, propostas estruturais nas quais temos trabalhado juntos com os clientes há algum tempo”.

“Esta vantagem competitiva, como refletida nos resultados positivos de 2016, combinada com a força financeira do nosso Grupo, nos permite continuar investindo para fazer com que o portfólio de ofertas de produtos e serviços da Reply alinhe-se cada vez mais com as demandas de um novo mundo, em que a barreira entre o físico e o digital desapareça e o componente de inovação em conjunto com a tecnologia mude de um fator facilitador para uma alavanca estratégica bem-sucedida para as empresas”, concluiu Rizzante.

O gerente responsável por preparar os relatório financeiros da empresa, Dr Giuseppe Veneziano, está em conformidade com o Parágrafo 2, Artigo 154-bis da Consolidated Finance Act e que as informações de contabilidade contidas neste comunicado de imprensa correspondem aos registros da empresa, livros fiscais e registros contábeis.

Reply

A Reply [MTA, STAR: REY] é especializada no design e na implementação de soluções baseados em novos canais de comunicação e mídia digital. A Reply é uma rede de empresas altamente especializadas que suportam os principais grupos industriais europeus, operando nos setores de telecomunicações e mídia, indústria e serviços, bancos, seguros e administração pública na definição e desenvolvimento de modelos de negócios habilitados para os novos paradigmas de big data, computação em nuvem, mídia digital e a Internet das coisas. Os serviços da Reply incluem: Consultoria, integração de sistemas e serviços digitais. www.reply.com

Este comunicado de imprensa é uma tradução; a versão italiana irá prevalecer.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Reply
Fabio Zappelli, Tel. +390117711594
f.zappelli@reply.com

Contacts

Reply
Fabio Zappelli, Tel. +390117711594
f.zappelli@reply.com