Takeda e PvP Biologics anunciam acordo de desenvolvimento para uma nova terapia da doença celíaca

OSAKA, Japão e SAN DIEGO e SEATTLE--()--A Takeda Pharmaceutical Company Limited ("Takeda") (TOKYO: 4502) e a PvP Biologics, Inc. ("PvP") anunciaram hoje um acordo global para o desenvolvimento de KumaMax, uma nova enzima projetada para quebrar as partes imunorreativas de glúten no estômago, evitando assim os sintomas dolorosos e os danos causados no intestino delgado a partir da ingestão acidental de glúten.

Sob os termos do acordo de desenvolvimento, a PvP realizará toda a pesquisa e desenvolvimento até os estudos de prova de princípio fase 1 de acordo com um plano de desenvolvimento pré-definido. A Takeda financiará US$ 35 milhões para as despesas da PvP relacionadas com o plano, em troca de uma opção exclusiva para adquirir a PvP após o recebimento de um pacote de dados pré-definidos. Após a conclusão por parte da PvP do plano de desenvolvimento, a Takeda pode exercer sua opção de adquirir a PvP através do pagamento de uma verba não revelada, bem como marcos de desenvolvimento e regulatórios.

"Este acordo com a PvP Biologics reforça o compromisso da Takeda em desenvolver terapias dirigidas à doença celíaca. A KumaMax pode atender a uma necessidade não atendida significativa para pacientes com doença celíaca que tentam, mas não conseguem evitar completamente, a exposição ao glúten em suas dietas, e, assim, continuam a sentir os sintomas debilitantes," disse Asit Parikh, chefe da área terapêutica de gastroenterologia da Takeda. "Estamos satisfeitos com a parceria com a PvP Biologics, uma empresa cuja equipe de gestão tem um histórico comprovado de agregar com sucesso ativos que têm como alvo as doenças gastrintestinais inflamatórias crônicas através do desenvolvimento."

"A experiência e as capacidades de gastroenterologia da Takeda se ajustam perfeitamente com o nosso objetivo de desenvolver uma nova terapia de enzima oral para causar um impacto significativo na vida das pessoas com doença celíaca", disse Adam Simpson, presidente e CEO da PvP Biologics. "Além disso, o financiamento não diluído significativo fornecido pela Takeda irá acelerar o desenvolvimento terapêutico da KumaMax."

A KumaMax é uma enzima recombinante, pré-clínica, projetada exclusivamente e que é ativa em condições estomacais ácidas e tem alta especificidade para as partes do glúten que causam a reação autoimune que leva à doença celíaca. Atualmente, o único tratamento disponível para pacientes com doença celíaca é uma rígida dieta sem glúten, o que é um desafio de seguir. Para pacientes com doença celíaca tentando manter uma dieta isenta de glúten, mas que podem acidentalmente ingerir glúten, a KumaMax tem o potencial de degradar as partes imunorreativas de glúten antes de sair do estômago, a fim de diminuir uma resposta imunológica e reduzir os sintomas e danos intestinais associados com a doença celíaca.

"A doença celíaca é uma doença em que a ingestão de até uma pequena quantidade de glúten pode danificar o intestino delgado", disse Tadataka "Tachi" Yamada, MD, presidente do conselho da PvP Biologics. "Em ensaios pré-clínicos, a KumaMax demonstrou a capacidade de degradar o glúten com eficiência e eficácia suficiente para indicar o seu potencial estimulante como uma terapia oral para uma doença que afeta a vida de milhões."

Estima-se que a doença celíaca afete 1 em cada 100 pessoas em todo o mundo. A doença celíaca provoca problemas de saúde significativos, incluindo sintomas agudos gastrointestinais, desnutrição, fraqueza e falta de desenvolvimento. A doença celíaca pode se desenvolver em qualquer idade e, se não tratada, pode levar a problemas de saúde graves.1

1https://celiac.org/celiac-disease/understanding-celiac-disease-2/what-is-celiac-disease/. Acessado em 7 de dezembro de 2016

Sobre a PvP Biologics
A PVP Biologics está desenvolvendo uma enzima oral para o tratamento da doença celíaca. Nossa missão é desenvolver um produto terapêutico altamente eficaz para aliviar o fardo de se viver com esta doença. Para este fim, estamos apresentando um produto candidato desenvolvido para quebrar as partes imunorreativas de glúten no estômago e, assim, evitar os sintomas dolorosos e danos causados ao intestino delgado de uma ingestão acidental de glúten. A tecnologia foi inventada no Instituto de Design de Proteína da Universidade de Washington e é exclusivamente licenciada internamente pela PvP Biologics. A PvP Biologics tem escritórios corporativos em San Diego e laboratórios de pesquisa em Seattle. Para obter mais informações, visite www.pvpbio.com.

O compromisso da Takeda com a gastroenterologia
A Takeda é líder mundial em gastroenterologia. Com mais de 25 anos de conhecimento, a dedicação da empresa em inovar continua evoluindo e possui um impacto duradouro. Começando na década de 1990, a Takeda foi pioneira em avanços gastrointestinais em inibidores da bomba de prótons. Desde então, as capacidades globais da Takeda se expandiram para o mercado de cuidados especializados em gastroenterologia e biológicos com foco na colite ulcerosa e doença de Crohn. A experiência da Takeda permanece também concentrada em agentes terapêuticos que trabalham para reduzir a produção de ácido no estômago, e as opções para o tratamento da constipação idiopática crônica, síndrome do intestino irritável com constipação e constipação induzida por opioides. Através de desenvolvimento interno especializado e estratégico, parcerias externas, internas e aquisições, a Takeda atualmente possui uma variedade de ativos de GI promissores em estado inicial de desenvolvimento, e mantém o compromisso de oferecer opções terapêuticas inovadoras para pacientes com doenças hepáticas e gastrointestinais.

Sobre a Takeda Pharmaceutical Company
A Takeda Pharmaceutical Company Limited é uma empresa farmacêutica global orientada por pesquisa e desenvolvimento com o compromisso de levar uma saúde melhor e um futuro mais promissor aos pacientes, traduzindo ciência em medicamentos que transformam vidas. A Takeda concentra seus esforços de pesquisa e desenvolvimento nas áreas terapêuticas de oncologia, gastroenterologia e do sistema nervoso central, além de vacinas. A Takeda conduz pesquisa e desenvolvimento internamente e com parceiros para estar na vanguarda da inovação. Novos produtos inovadores, especialmente em oncologia e gastroenterologia, assim como sua presença em mercados emergentes, impulsionam o crescimento da Takeda. Mais de 30 mil funcionários da Takeda estão comprometidos em melhorar a qualidade de vida para pacientes, trabalhando com nossos parceiros em cuidados de saúde em mais de 70 países. Para obter outras informações, acesse http://www.takeda.com/news/.

Declarações prospectivas da Takeda
Este comunicado de imprensa contém “declarações prospectivas”. Essas declarações prospectivas incluem todas as declarações que não são de fatos históricos, incluindo planos, estratégias e expectativas para o futuro, declarações relativas ao calendário previsto de arquivamentos e aprovações relacionados à transação, o momento esperado da conclusão da transação, a capacidade para completar a transação ou para satisfazer as várias condições de fechamento, receitas futuras e rentabilidade de ou crescimento ou de quaisquer suposições subjacentes a qualquer um dos precedentes. As declarações feitas no tempo futuro, e palavras como “antecipa”, “espera”, “projeta”, “continuar”, “acreditar”, “planejar”, “estimar”, “pro forma”, “pretende”, “potencial”, “alvo”, “previsão”, “orientação”, “perspectiva”, “procurar”, “supor”, “vai”, “pode”, “deveria” e expressões similares têm por objetivo qualificar declarações como prospectivas. As declarações prospectivas são baseadas em estimativas e suposições feitas pela administração que se acreditam ser razoáveis, embora sejam inerentemente incertas e difíceis de prever. Os investidores e detentores de títulos são advertidos a não depositar confiança indevida nessas declarações prospectivas.

As declarações prospectivas estão sujeitas a riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados ou experiências reais sejam diferentes daqueles expressos ou implícitos nas declarações prospectivas. Alguns desses riscos e incertezas incluem, sem limitação: aprovações regulatórias necessárias para a transação não poderem ser obtidos em tempo hábil, caso existam; as condições para o fechamento da transação não poderem ser satisfeitas; pressões e desenvolvimentos competitivos; leis e regulamentos aplicáveis; o sucesso ou o fracasso dos programas de desenvolvimento de produtos; ação das autoridades regulatórias e do respectivo calendário; alterações nas taxas de câmbio; e reivindicações ou preocupações sobre a segurança ou eficácia dos produtos comercializados ou produtos candidatos em desenvolvimento.

As declarações prospectivas contidas neste comunicado de imprensa são relativas somente até o momento deste comunicado de imprensa, e a PvP Biologics e a Takeda não assumem nenhuma obrigação de atualizar ou revisar nenhuma declaração prospectiva para refletir novas informações, eventos futuros ou circunstâncias após a data da declaração prospectiva. Se uma ou mais dessas declarações forem atualizadas ou corrigidas, os investidores e outras pessoas não devem concluir que as atualizações ou correções adicionais serão feitas.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Para a PvP Biologics:
Jessica Yingling, Ph.D.
jessica@litldog.com
+1.858.344.8091
ou
Para Takeda:
Tsuyoshi Tada – Japão
tsuyoshi.tada@takeda.com
+81-3-3278-2417
Julia Ellwanger – EUA
julia.ellwanger@takeda.com
+1-224-554-7681

Contacts

Para a PvP Biologics:
Jessica Yingling, Ph.D.
jessica@litldog.com
+1.858.344.8091
ou
Para Takeda:
Tsuyoshi Tada – Japão
tsuyoshi.tada@takeda.com
+81-3-3278-2417
Julia Ellwanger – EUA
julia.ellwanger@takeda.com
+1-224-554-7681