Tilray® Anuncia Contrato de Exportação de Primeira Remessa de Canábis Medicinal de Portugal para a Alemanha

A empresa assinou um contrato de fornecimento preliminar de $ 3,3 milhões (3 milhões de Euros) com a Cannamedical Pharma GmbH para aumentar a distribuição de produtos de canábis medicinal para os doentes alemães necessitados.

Este contrato é um marco importante para a Tilray, com o seu campus da UE a registar um aumento das exportações internacionais no segundo semestre de 2019.

NANAIMO, Colúmbia Britânica--()--A Tilray, Inc. (NASDAQ:TLRY), pioneira global na investigação, cultivo, produção e distribuição de canábis, anunciou hoje que assinou um contrato com a Cannamedical Pharma GmbH («Cannamedical») através da sua subsidiária integralmente detida, a Tilray Portugal Unipessoal Lda. («Tilray Portugal») para exportar uma remessa a granel de produtos de canábis medicinal no valor de $ 3,3 milhões (3 milhões de Euros) de Portugal para a Alemanha. Esta remessa, que se prevê estar concluída no outono de 2019, será a primeira proveniente do campus da UE de última geração situado em Portugal para fornecer doentes na Alemanha.

«Este é um marco importantíssimo para a Tilray, à medida que reforçamos a nossa capacidade de servir os mercados internacionais e de gerar receitas a partir do nosso campus da UE até finais de 2019», afirmou o CEO da Tilray, Brendan Kennedy. «Cremos que o nosso espaço de processamento de 21 hectares e de última geração na Europa é um importante fator de diferenciação, o que nos permitirá reduzir os custos e melhorar as margens, salvaguardando-nos contra os riscos regulatórios.»

Fundada em 2016 em Colónia, Alemanha, a Cannamedical tem licença total e certificação GDP (boas práticas de distribuição) para importar e distribuir produtos de canábis medicinal de alta qualidade. Esta empresa de capital privado é fornecedora independente líder de produtos de canábis medicinal para 2500 farmácias e clínicas por toda a Alemanha.

«Na Cannamedical Pharma, estamos empenhados em ajudar os médicos, especialistas médicos e farmacêuticos a melhorar a qualidade de vida dos seus doentes», afirmou David Henn, CEO da Cannamedical. «O produto da Tilray superou as nossas rigorosas normas de controlo da qualidade e estamos entusiasmados por termos encontrado um parceiro capaz de fornecer produtos de canábis medicinal que possamos usar nas marcas próprias da Cannamedical. Esperamos ansiosamente aumentar o acesso aos pacientes necessitados por todo o país».

A Tilray tem um historial de pioneirismo como empresa empenhada em disponibilizar produtos de canábis medicinal de grau farmacêutico aos doentes necessitados por todo o mundo. A Tilray foi o primeiro produtor de canábis medicinal licenciado a exportar com êxito canábis medicinal da América do Norte e a importar produtos de canábis medicinal na União Europeia em 2016 e a primeira empresa a importar óleos de canábis no mercado alemão em 2017.

«É com agrado que assinamos um contrato com um parceiro que comunga do compromisso da Tilray com a qualidade e segurança do produto e acesso aos doentes», afirmou Sascha Mielcarek, Diretor Executivo da Tilray para a Europa. «Esta remessa inicial será a primeira de muitas do nosso Campus da UE em Portugal para a Alemanha, bem como para outros mercados europeus e internacionais».

Acerca da Tilray®
A Tilray é pioneira mundial na investigação, cultivo, produção e distribuição de canábis e canabinoides e serve atualmente dezenas de milhares de doentes e consumidores em 13 países nos cinco continentes.

Acerca da Cannamedical®
Fundada em 2016 e de capital privado, a Cannamedical Pharma foi uma das primeiras empresas alemãs a especializar-se na importação e distribuição de canábis medicinal na Alemanha. A empresa tem certificação GDP (boas práticas de distribuição) e emprega cerca de 50 trabalhadores em Colónia, Alemanha.

Advertência a respeito de declarações prospetivas:
O presente comunicado de imprensa contém «declarações prospetivas» na aceção da «Private Securities Litigation Reform Act» de 1995 dos EUA e «informações prospetivas» na aceção da legislação canadiana relativa aos valores mobiliários ou, coletivamente, declarações prospetivas. As declarações prospetivas e informações prospetivas contidas neste estudo preliminar incluem declarações relativas ao campus da UE da Tilray, custos futuros e melhorias de margens e entregas de canábis na Europa. As declarações prospetivas, ou informações prospetivas, neste comunicado de imprensa podem ser identificadas através do uso de palavras tais como «poderá», «poderia», «pode», «irá», «provavelmente», «espera», «prevê», «acredita», «pretende», «tenciona», «prognostica», «projeta», «estima», «conjetura» e outras expressões semelhantes. As declarações prospetivas não são garantia de desempenho futuro, de ações futuras ou capacidade de abastecer os mercados globais e são baseadas numa série de estimativas e pressupostos da administração em função da experiência e perceção de tendências, condições atuais e desenvolvimentos esperados, bem como outros fatores que a administração tem por relevantes e razoáveis face às circunstâncias, incluindo pressuposições relativas às condições atuais e futuras do mercado, ao contexto regulatório atual e futuro e aprovações e autorizações futuras. Os resultados, desempenho ou concretizações atuais podem divergir substancialmente daqueles expressos ou implícitos em quaisquer declarações prospetivas constantes do presente comunicado de imprensa e, portanto, o destinatário não deve depositar confiança indevida em tais declarações prospetivas e as mesmas não são garantia de resultados futuros. Consulte a secção «Fatores de Risco» do Relatório Trimestral da Tilray no Formulário 10-Q depositado na «Securities and Exchange Commission» e nos reguladores canadianos de valores mobiliários a 13 de agosto de 2019 e presunções, incertezas e outros fatores que poderão fazer com que os resultados reais futuros ou eventos aguardados difiram substancialmente dos expressos ou implícitos em quaisquer declarações prospetivas. A Tilray não se compromete, e declina explicitamente qualquer obrigação de o fazer, a atualizar quaisquer declarações prospetivas ora incluídas, exceto nos termos da legislação aplicável relativa aos valores mobiliários.

A versão oficial e autorizada do comunicado é a emitida na língua original do mesmo. A tradução é apenas uma ajuda, devendo a mesma ser conferida com o texto na sua língua original, que é a única versão com validade legal.

Contacts

Comunicação social: Chrissy Roebuck, +1-833-206-8161, news@tilray.com

Investidores: Katie Turner, +1-646-277-1228, Katie.turner@icrinc.com

Contacts

Comunicação social: Chrissy Roebuck, +1-833-206-8161, news@tilray.com

Investidores: Katie Turner, +1-646-277-1228, Katie.turner@icrinc.com