A premiação Global Learning XPRIZE de US$ 15 milhões terminou com dois vencedores do Grande Prêmio

Equipes reconhecidas pelo desenvolvimento de software de aprendizagem eficaz e expansível para crianças em todo o mundo

Emily Church, executive director of the Global Learning XPRIZE, Dr. Peter H. Diamandis, founder and executive chairman of XPRIZE, Anousheh Ansari, CEO of XPRIZE, and Elon Musk, who provided XPRIZE with the $10M prize purse, present the two grand prize winning teams of the Global Learning XPRIZE, Kitkit School and onebillion, with a $5 million check, each (Courtesy Jesse Grant, Getty).

LOS ANGELES--()--Hoje, a XPRIZE, líder mundial no desenvolvimento e operação de competições de incentivo para solucionar os grandes desafios da humanidade, anunciou dois vencedores do grande prêmio Global Learning XPRIZE de US$ 15 milhões. A conexão entre a Kikit School da Coreia do Sul e os Estados Unidos, e onebillion do Quênia e o Reino Unido, foi revelada em uma cerimônia de premiação sediada no Google Spruce Goose Hangar em Playa Vista, onde apoiadores e benfeitores, incluindo Elon Musk, celebraram o esforço das cinco equipes finalistas.

Lançado em 2014, o prêmio Global Learning XPRIZE desafiou inovadores ao redor do mundo a desenvolverem soluções expansíveis que possibilitassem às crianças a autoaprendizagem de leitura, redação e matemática básica em até 15 meses. Após serem escolhidos como finalistas, cinco equipes receberam US$ 1 milhão cada e saíram para testar sua solução de tecnologia para educação em Swahili, alcançando quase 3.000 crianças em 170 vilarejos na Tanzânia. Para ajudar a assegurar que qualquer um, em qualquer lugar, possa modificar, aprimorar e implementar suas soluções de aprendizagem em sua própria comunidade, todos os cinco softwares finalistas têm código aberto. Todos os cinco programas de aprendizagem estão atualmente disponíveis em inglês e suaíli no GitHub, incluindo instruções sobre como localizar em outros idiomas.

A competição ofereceu um prêmio de US$ 10 milhões para a equipe cuja solução possibilitasse os maiores ganhos de proficiência em leitura, redação e matemática no teste de campo. Após revisar os dados do teste de campo, um grupo de juízes independentes concluiu que os resultados entre os dois melhores competidores foram muito parecidos e determinaram que dois vencedores dividiriam o prêmio, recebendo US$ 5 milhões cada:

  • Kitkit School (Berkeley, Estados Unidos e Seul, Coreia do Sul) desenvolveu um programa de aprendizado com uma arquitetura flexível e central baseada em jogos, visando a ajudar as crianças a aprenderem sozinhas, independentemente de seu conhecimento, habilidade e ambiente.
  • onebillion (Londres, Reino Unido e Nairobi, Quênia) combinou conteúdo aritmético com novo material de alfabetização para oferecer atividades criativas e de aprendizado direcionadas junto com monitoramento contínuo para atender às diferentes necessidades das crianças.

Atualmente, mais de 250 milhões de crianças pelo mundo não sabem ler ou escrever, e de acordo com dados do Instituto de estatísticas da UNESCO, aproximadamente uma em cada cinco crianças está fora da escola, um quadro que praticamente não mudou nos últimos cinco anos. Como componente desse problema, há uma enorme redução de professores nos níveis primário e secundário, com pesquisas mostrando que o mundo precisa recrutar 68,8 milhões de professores para que toda criança receba educação primária e secundária até 2030.

Antes do teste de campo da iniciativa do Global Learning XPRIZE, 74% das crianças participantes relataram que nunca tinham ido à escola, 80% disseram que nunca leram para elas em casa e mais de 90% não sabiam ler uma única palavra em suaíli. Após 15 meses de aprendizagem em tablets Pixel C doados pelo Google e pré-carregados com um dos cinco softwares de aprendizado dos finalistas, esses números foram reduzidos pela metade. Além disso, em habilidades matemáticas, todos os cinco softwares foram igualmente eficazes para meninos e meninas.

Coletivamente, no decorrer da competição, as cinco equipes finalistas investiram aproximadamente US$ 200 milhões em pesquisa, desenvolvimento e teste de seu software, um total que sobe para US$ 300 milhões ao se incluir todas as 198 equipes registradas.

“A educação é um direito humano fundamental e estamos orgulhosos de todas as equipes e de sua dedicação esforço para garantir que toda criança tenha a oportunidade de ter a aprendizagem em suas mãos”, disse Anousheh Ansari, diretor executivo da XPRIZE. “Aprender a ler, escrever e demonstrar matemática básica são componentes essenciais para os que querem viver livres da pobreza e de suas limitações, e acreditamos que essa competição demonstrou claramente que a agilização do aprendizado se tornou possível por meio de aplicativos desenvolvidos por nossas equipes e esperamos que esse movimento estimule uma revolução na educação mundialmente.”

Os vencedores do grande prêmio e as seguintes equipes finalistas foram escolhidos de um grupo de 198 equipes de 40 países:

  • CCI (Nova Iorque, Estados Unidos) desenvolveu programas educativos e sequenciais estruturados, além de uma plataforma que busca permitir que pessoas que não são programadores desenvolvam conteúdo de aprendizado atrativo em qualquer idioma ou área de assunto.
  • Chimple (Bangalore, Índia) criou uma plataforma de aprendizado que visa a permitir que crianças aprendam matemática, a ler e escrever em um tablet, por meio de mais de 60 jogos exploratórios e 70 histórias diferentes.
  • RoboTutor (Pittsburgh, Estados Unidos) utilizou a pesquisa da Carnegie Mellon sobre tutores de leitura e matemática, síntese e reconhecimento de fala, aprendizagem automática, mineração de dados educacionais, psicologia cognitiva e interação homem-máquina.

“Ao tornar cada software de código aberto, Global Learning XPRIZE e as equipes finalistas estão fornecendo ferramentas avançadas que o mundo todo pode se basear e adaptar às necessidades de suas comunidades específicas. Acreditamos que este seja um avanço enorme para o movimento global em transformar como ajudamos a trazer aprendizagem de qualidade a crianças em qualquer lugar”, disse a diretora executiva da Global Learning XPRIZE, Emily Church. “Crianças em todos os lugares, ainda que não tenham acesso à escola, tenham acesso intermitente a uma sala de aula ou queiram complementar sua educação atual, têm o direito humano básico de aprender.”

O Global Learning XPRIZE tornou-se possível pela generosidade e apoio de um consórcio de benfeitores, filantropos e parceiros, incluindo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), o Programa Alimentar Mundial (PAM) e o governo da Tanzânia.

Seguindo o anúncio do grande prêmio, a XPRIZE está trabalhando para assegurar e carregar o software em tablets, adaptar o software para diferentes idiomas e entregar hardware pré-carregado e estações de carregamento em locais remotos, para que todas as equipes finalistas possam expandir seu software por todo o mundo. O público está convidado a assinar o compromisso para mostrar seu apoio e se juntar à comunidade Global Learning XPRIZE para ajudar a fornecer educação a todas as crianças, em qualquer lugar.

Para mais informações, visite learning.xprize.org.

Sobre a XPRIZE

A XPRIZE, uma organização 501(c)(3) sem fins lucrativos, é líder global em criação e implementação de modelos de competição inovadores que visam solucionar os maiores desafios do mundo. As competições ativas incluem o NRG COSIA Carbon XPRIZE de US$ 20 milhões, o ANA Avatar XPRIZE de US$ 10 milhões, o Shell Ocean Discovery de US$ 7 milhões e o IBM Watson AI XPRIZE de US$ 5 milhõesren. Para obter mais informações, acesse xprize.org.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Eric Desatnik
310.741.4892
eric@xprize.org

Contacts

Eric Desatnik
310.741.4892
eric@xprize.org