Viagens mais curtas e mais frequentes ganham popularidade entre viajantes internacionais e viajar com dinheiro vivo pode provocar ansiedade, de acordo com um estudo da Visa

Um estudo global de intenções de viagem (Global Travel Intentions - GTI) feito pela Visa com mais de 15.000 viajantes internacionais descobre que carregar dinheiro vivo pode trazer preocupações para viajantes de todo o mundo

Visa’s cashless solutions offer the freedom to pay anywhere in the world while helping you get a competitive exchange rate when you pay in local currency. (Photo: Business Wire)

SÃO FRANCISCO e SINGAPURA--()--A Visa (NYSE: V) anunciou hoje os resultados de abrangente observação de viagens e turismo da rede de pagamentos em 2017. O estudo denominado Global Travel Intentions (GTI) da Visa destaca várias partes da jornada dos viajantes e descobriu que um motivador fundamental para viagens é o alívio do stress. O estudo revelou também que certos aspectos da viagem podem gerar ansiedade e stress, incluindo obter, transportar e trocar dinheiro. As soluções sem dinheiro da Visa oferecem liberdade para pagar em qualquer parte do mundo, ao mesmo tempo ajudando você a obter uma taxa de câmbio competitiva quando você paga em moeda local. Enquanto pagar na moeda local da pessoa possa parecer familiar, essas compras, quando feitas em outros países, podem geralmente gerar comissões relativas a conversão e majorações do preço final.

Macro tendências de viagem em 2018

Além de examinar as motivações e as táticas de planejamento, o estudo GTI de viajantes ao exterior de 27 países e territórios também revelou várias macro tendências que devem continuar em 2018:

  • As viagens estão ficando maris curtas: a média geral é agora de oito diárias, abaixo da média de 10 diárias de 2013.
  • Mais viagens para outros países: globalmente, as pessoas estão planejando fazer mais viagens no futuro, de uma média de 2,5 viagens nos dois últimos anos para 2,7 viagens nos próximos dois anos. As Américas lideram o pacote em número de viagens nos dois últimos anos, tomando uma média de 3,2 viagens em 2017.
  • A tecnologia está ajudando alguns viajantes a navegar melhor por seus destinos: 88% dos viajantes obtiveram acesso online enquanto estavam em países estrangeiros. Quase metade (44%) usam aplicativos de transporte para passear em terra.
  • Múltiplos destinos: 11% das viagens globais incluem visitas a vários países.
  • Japão, Estados Unidos e Austrália são os países mais visitados: o Japão passou à frente dos Estados Unidos como o destino mais popular dos viajantes internacionais nos dois últimos anos. Prevalecem as preferências regionais, no entanto, com viajantes da região da Ásia Pacífico tendendo pesadamente para o Japão como destino de viagem. Os viajantes americanos preferem a Europa continental, apesar de México, Canadá e Japão aparecerem também como altamente desejados.
  • Os que mais gastam: os cidadãos da Arábia Saudita são os maiores gastadores em relação ao tipo de gastos dos viajantes, inclusive na etapa de reservas e aos gastos no destino, com os chineses, australianos, americanos e kuwaitianos sendo os cinco principais.

Simplificando os pagamentos nos países estrangeiros

Os viajantes estão cada vez mais usando a tecnologia para planejar suas viajantes e navegar nos seus destinos - 83% dos viajantes usaram a tecnologia com essa finalidade em 2017, em comparação com os 78% de 2015. Na verdade, a maioria deles ainda são decididamente analógicos quando a questão é fazer pagamentos internacionalmente.

Enquanto muitos viajantes usam cartões nas suas viagens, a maioria (77%) ainda preferem usar dinheiro ao fazer compras. Usar um cartão Visa para pagar em moeda local pode ajudar os viajantes internacionais a obter uma taxa de câmbio mais competitiva e possivelmente ajudá-los a evitar serem atingidos por taxas ocultas de conversão de moeda quando voltam para casa. O estudo encontrou também os temas abaixo relacionados com o uso de dinheiro em viagens internacionais:

  • Dinheiro causa ansiedade: os viajantes indicaram perda ou roubo de dinheiro como a principal preocupação relacionada com dinheiro durante as viagens.
  • Os que mais gastam: o viajante global médio gasta US$ 1.793 por viagem, assim o valor médio global de dinheiro trazido ao destino globalmente gira em torno de gritantes US$ 7781.
  • Câmbio: para viajar com tanto dinheiro, 72% das pessoas prepararam suas moedas estrangeiras antes da data de partida.
  • Sinal significativo: pouco mais de uma entre dez pessoas fizeram um saque em caixa automático no destino. A segurança dos caixas eletrônicos é uma área de preocupação que afeta esta estatística, citada por quase um em cinco viajantes como uma barreira para usar um caixa eletrônico. Viajantes da Europa, do Oriente Médio e da África são, no entanto, mais propensos a sacar durante as férias em comparação com os viajantes de outras regiões.
  • Dinheiro restante: um significativo percentual de 87% tem dinheiro restante depois das viagens, mas apenas 29% o convertem de volta para a moeda que realmente podem usar em casa. O valor restante médio global é de US$ 123.

“Estamos entusiasmados por ver o crescimento do desejo por viagens globais, já que a tecnologia passa a ser parte integrante de todas as etapas da jornada dos viajantes”, disse Lynne Bigger, diretor de marketing e comunicações da Visa. “Usar seu cartão Visa em países estrangeiros é uma experiência segura, protegida, perfeita e conveniente, sem a preocupação de carregar dinheiro. Quando mais pessoas viajam internacionalmente em 2018, esperamos ajudar os viajantes a obterem o máximo das suas viagens.”

Dicas para fazer pagamentos sem stress durante as viagens

  • Use seu cartão Visa para pagar em “moeda local” e obter uma taxa de câmbio competitiva e ajudar a evitar ficar preso a taxas ocultas de conversão de moeda quando voltar para casa.
  • Use um cartão de crédito ou débito para compras. A Visa oferece segurança, conveniência e facilidade para pagamentos no exterior. Pode ser considerado mais seguro do que levar dinheiro, e é apoiado pela Política de Responsabilidade Civil Zero da Visa2, que declara que os titulares de contas não serão responsabilizados por encargos não autorizados nas suas contas.
  • Sempre que possível, pague através de um  terminal ativado por chip  quando usar seu cartão de crédito ou débito para ter maior segurança.
  • Procure a  logomarca PLUS ou Visa em qualquer terminal de ponto de vendas ou caixa eletrônico  para ter certeza de que os cartões de pagamento internacionais são aceitos.

Outros resultados do GTI

O viajante global médio gasta US$ 1.793 por viagem. Os viajantes esperam gastar mais nas próximas viagens, com o maior aumento provável na região da Ásia Pacífico.

 

Gastos pretendidos para a próxima viagem de lazer em relação à viagem anterior (Média em US$)*

Região       Última viagem       Próxima viagem       Mudança percentual
Global       US$ 1.793       US$ 2.443       aumento de 36,25%
África e Oriente Médio       US$ 2.666       US$ 2.666       Aumento de 0%
Ásia Pacífico       US$ 1.677       US$ 2.443       aumento de 45,68%
Europa       US$ 1.174       US$ 1.409       aumento de 20,02%
América do Norte e Sul       US$ 2.248       US$ 2.840       aumento de 26,34%
                 

Entre os principais gastadores globais, viajantes da Austrália, China, Kuwait e Estados Unidos continuam otimistas quando a questão é gastar na sua próxima viagem internacional. Os respondentes da Arábia Saudita são ainda os maiores gastadores, mas devem gastar menos nas suas próximas viagens internacionais.

 

Cinco principais mercados globais - valor pretendido para gastos na próxima viagem internacional (média US$)**

      Arábia Saudita       China       Austrália       Estados Unidos       Kuwait
Próxima viagem     US$ 4.800       US$ 4.034       US$ 3.529       US$ 3.500       US$ 3.474
                           

Cinco principais mercados globais - valor gasto na última viagem internacional (média em US$)*

      Arábia Saudita       Kuwait       China       Austrália       Emirados Árabes Unidos
Última viagem     US$ 5.333       US$ 3.143       US$ 2.988       US$ 2.745       US$ 2.722
                           

Para mais informações sobre o estudo Global Travel Intentions da Visa, acesse Visa.com/TravelStudy.

Sobre o Global Travel Intentions 2017

O estudo Global Travel Intentions analisa o comportamento de viagem e os padrões de gastos com turismo dos viajantes globais. Um estudo abrangente que monitora e analisa as tendências das viagens internacionais e o comportamento de consumo de viagem, o estudo é parte do contínuo compromisso da Visa para ajudar os participantes da indústria na sua busca de crescimento na indústria de turismo e viagens globais. O estudo GTI da Visa foi conduzido em conjunto com a firma de pesquisa e inteligência de negócios ORC International e coletou dados de 15.500 entrevistas em 27 mercados. A Visa vem conduzindo esse estudo a cada dois anos, desde 2008. Onde possível, as tendências são apresentadas.

Sobre a Visa Inc.

A Visa Inc. (NYSE: V) é líder mundial em pagamentos digitais. Nossa missão é conectar o mundo através da rede de pagamentos mais inovadora, confiável e segura, permitindo o desenvolvimento de pessoas, empresas e economias. A VisaNet, nossa rede de processamento global avançada, oferece pagamentos seguros e confiáveis em todo o mundo, e é capaz de processar mais de 65.000 mensagens de transação por segundo. O enfoque incansável da empresa em inovação é um catalisador para o rápido crescimento do comércio conectado em qualquer dispositivo e uma força de impulsão por trás do sonho de um futuro sem dinheiro para qualquer pessoa, em qualquer lugar. À medida que o mundo se afasta do analógico e se torna digital, a Visa está aplicando sua marca, produtos, pessoas, rede e escala para remodelar o futuro do comércio. Para obter mais informações, acesse usa.visa.com/aboutvisavisacorporate.tumblr.com e @VisaNews.

1 Equivalência de moedas locais em dólares americanos
2 Política de Responsabilidade Civil Zero da Visa não se aplica ao cartão corporativo da Visa nem ao cartão de compras Visa ou a transações de compra, ou a qualquer transação que não seja processada pela Visa. Para restrições específicas, limites e outros detalhes, consulte seu emissor.
* Valor médio de gastos pretendidos para a próxima viagem (dólares americanos)
** Valor médio gasto durante a última viagem internacional (dólares americanos)

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Visa Inc. (América do Norte)
Andy Gerlt, 415-805-5153
agerlt@visa.com
ou
Visa Inc. (resto do mundo)
Kinan Suchaovanich, +66.98.830.9239
ksuchaov@visa.com

Contacts

Visa Inc. (América do Norte)
Andy Gerlt, 415-805-5153
agerlt@visa.com
ou
Visa Inc. (resto do mundo)
Kinan Suchaovanich, +66.98.830.9239
ksuchaov@visa.com