GSMA chega a acordo na indústria de telefonia móvel nos padrões de tecnologia para o mercado global de área ampla com baixo consumo de energia

Padrão de tecnologia NB-IoT LPWA estabelecido pelo 3GPP; Testes pilotos e de laboratório aberto em andamento com implementações comerciais a partir de 2016

LONDRES--()--A GSMA anunciou hoje que a indústria de telefonia móvel chegou a um acordo sobre padrões de tecnologia para o mercado emergente de LPWA (sigla em inglês para “Low Power Wide Area” – ou área ampla com baixo consumo de energia) e tais padrões foram aceitos pelo 3GPP. O alinhamento da indústria ao longo de padrões comuns para banda estreita IoT (NB-IoT), cobertura estendida GPRS (EC-GPRS) e comunicação LTE do tipo máquina (LTE-MTC) permitirá às operadoras e aos seus parceiros capitalizar em um mercado estimado em US$ 589 bilhões em 2020 ou aproximadamente 47% do mercado de máquina-a-máquina (M2M), segundo a Machina Research¹. As tecnologias complementares, definidas para o 3GPP Release 13, são entregues através de espectro licenciado e cobrirão todos os casos de uso LPWA, garantindo a escolha do cliente e ajudando o mercado da Internet das Coisas (IoT) a florescer.

A “Mobile IoT Initiative”² da GSMA, apoiada por 27 operadoras de telefonia móvel líderes mundiais, fabricantes, empresas de chipset, módulos e infraestrutura, está trabalhando para acelerar o desenvolvimento de soluções LPWA e implementar vários testes pilotos internacionais no início de 2016 com soluções comerciais completas a partir no final do ano. A GSMA também vai sediar uma reunião do 3GPP entre 18 e 22 de janeiro, em Budapeste, para trabalhar no sentido de finalizar os detalhes dos padrões NB-IoT estabelecidos.

“Este é um passo importante para que os operadores possam fornecer soluções padrão da indústria, ampliando as suas redes existentes de alta qualidade, plataformas de serviços e capacidades de gestão de clientes de classe mundial”, disse Alex Sinclair, diretor geral e de Tecnologia da GSMA. “O mercado de LPWA é uma área de alto crescimento da Internet das Coisas e representa uma enorme oportunidade de desenvolvimento próprio. Uma visão comum e global irá remover a fragmentação, acelerar a disponibilidade de soluções padrão da indústria e ajudar o mercado a atingir o seu potencial.”

Fórum NB-IoT e laboratórios abertos de IoT

Os membros do anunciado Fórum NB-IoT³ concordaram que ele vai formar parte da “Mobile IoT Initiative” da GSMA e se concentrar na promoção de um ecossistema global para a tecnologia NB-IoT. Um elemento-chave do fórum será a criação de “Open IoT Labs”, que estarão disponíveis para qualquer operadora, fornecedor de módulo ou de aplicativo e são projetados para desenvolver e acelerar a disponibilidade comercial da tecnologia LPWA, bem como incentivar as organizações a criar dispositivos e aplicativos habilitados com NB-IoT para diversos setores. Eles também vão disponibilizar testes de interoperabilidade e “end-to-end”.

“Este é um marco importante e estou muito contente que o 3GPP chegou a acordo sobre a tecnologia. O Fórum NB-IoT irá apoiar a indústria na construção de um ecossistema completo e se preparar para a implementação mundial desta nova competência”, disse Luke Ibbetson, do Vodafone Research Group e diretor de Desenvolvimento e presidente do Fórum NB-IoT.

Iniciativa móvel IoT da GSMA

A “Mobile IoT Initiative” é projetada para acelerar a disponibilidade comercial de soluções de LPWA em espectro licenciado. As redes de área ampla com baixo consumo de energia são projetadas para aplicações M2M que necessitam bateria de longa duração e operam sem supervisão por longos períodos de tempo, muitas vezes em locais remotos.

A expectativa é de que as redes de LPWA sejam usadas em uma série de aplicações, como controle de ativos industriais, monitoramento de segurança, medição de gás e água, redes inteligentes, estacionamento urbano, máquinas de venda automática e iluminação da cidade. No entanto, a tecnologia também pode ser utilizada para conectar dispositivos portáteis, tais como rastreadores de pessoas e de animais de estimação. Os módulos de LPWA devem ser de baixo custo e baratos para se conectar, o que ajudará o mercado a crescer. Devido à diversidade de requisitos de aplicação da Internet das Coisas, uma única tecnologia não é capaz de resolver todos os casos de uso LPWA, razão pela qual a iniciativa se centrou em três padrões 3GPP licenciados complementares.

-FIM-

Nota aos editores

1.) O valor em termos reais de US$ (2011) do mercado M2M onde as conexões vão ser adequadas ou adaptáveis à tecnologia LPWA.

2.) A “Mobile IoT Initiative” da GSMA é apoiada pelos principais agentes da indústria, entre eles AT&T, Alcatel-Lucent, Bell Canada, China Mobile, China Telecom, China Unicom, Deutsche Telekom, Ericsson, Etisalat, Huawei, Gemalto, Intel, KDDI, Nokia, NTT DOCOMO, Oberthur Technologies, Ooredoo, Orange, Qualcomm Incorporated, Sierra Wireless, Singtel, Telecom Italia, Telefónica, Telenor, Telstra, u-blox, Verizon Wireless e Vodafone.

3.) O Fórum NB-IoT é apoiado pelos principais agentes da indústria, entre eles China Mobile, China Unicom, Ericsson, Etisalat, the GSMA, GTI, Huawei, Intel, LG Uplus, Nokia, Oberthur Technologies, Qualcomm Incorporated, Telecom Italia, Telefónica e Vodafone.

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras móveis de todo o mundo, reunindo cerca de 800 operadoras e mais de 250 empresas do amplo ecossistema da tecnologia móvel, incluindo fabricantes de aparelhos e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de Internet, assim como organizações em setores industriais adjacentes. A GSMA também realiza os principais eventos do setor, como o Mobile World Congress, o Mobile World Congress de Xangai e as conferências do Mobile 360 Series.

Para mais informações, acesse o site corporativo da GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Para a GSMA
Charlie Meredith-Hardy
+44 7917 298428
CMeredith-Hardy@webershandwick.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Contacts

Para a GSMA
Charlie Meredith-Hardy
+44 7917 298428
CMeredith-Hardy@webershandwick.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com