A iniciativa Mobile IoT da GSMA ajuda as operadoras a atingirem o mercado europeu de energia conectada no valor de US$ 26 bilhões

Novos dados destacam o enorme potencial no setor de energia inteligente para operadoras de telefonia móvel que implementam redes de IoT Móvel; Compatibilidade global com aplicativos de serviços de utilidade pública

LONDRES--()--A GSMA anunciou hoje que as operadoras de telefonia móvel que implementem novas redes de IoT Móvel vão poder se beneficiar do mercado europeu de energia conectada, estimado em US$ 26 bilhões até 20261. Os dados compartilhados pela Machina Research destacam a enorme oportunidade de crescimento no mercado emergente de energia conectada que pode conectar aproximadamente 158 milhões de novos medidores inteligentes em redes LPWA em toda a Europa. O número total de conexões no Velho Continente poderia aumentar ainda mais se as 60 milhões de conexões de celular também forem incluídas na LPWA.

“A Internet das Coisas está irrompendo fundamentalmente o mercado de serviços inteligentes, fornecendo conectividade onipresente e dados acionáveis em tempo real. As redes de IoT Móvel vão adotar isso, oferecendo aos fornecedores de energia elétrica uma solução econômica para conectar milhões de medidores inteligentes”, disse Alex Sinclair, diretor de Tecnologia da GSMA. “Há uma sensação real de impulso por trás da implementação das redes de IoT Móvel com vários lançamentos globais, no entanto, ainda existe um longo caminho para o crescimento. Incentivamos as operadoras a agir agora para capitalizar essa clara oportunidade de mercado e acelerar ainda mais o desenvolvimento da IoT.”

O atual mercado de energia conectada, que inclui aplicativos relacionados com a geração e transporte de energia, microgeneração, monitoramento inteligente de redes e distribuição e medição inteligente, vale cerca de US$ 11,7 bilhões. O mercado europeu de energia conectada representa aproximadamente 21% de todas as receitas globais, com a Ásia-Pacífico reivindicando 54% e o continente americano 21%. A Comissão Europeia publicou recentemente uma proposta que indica que cerca de 200 milhões de medidores inteligentes de eletricidade e 45 milhões de contadores de gás serão lançados até 2020. A Comissão também estima que até 2020 cerca de 72% dos clientes europeus terão um medidor inteligente para a eletricidade e cerca de 40% para o gás2.

“Nos próximos anos, veremos uma mudança importante na forma como operam as redes de gás natural. A necessidade de operações mais eficientes, segurança aprimorada e melhor qualidade de serviço será primordial e podemos fazer isso através da implementação de sistemas inteligentes de medição de gás. Estamos avançando rumo à digitalização das redes de gás, uma transformação que vai de sistemas ‘centrados em tubos’ a sistemas ‘centrados em dados’. Para que isso ocorra, recursos confiáveis de comunicação são obrigatórios e a chegada da NB-IoT e LTE-M representa uma aceleração dessa evolução. Essas novas tecnologias oferecem todo o necessário, como longa duração da bateria, penetração e segurança de dados, bem como espectro licenciado”, comentou Gianfranco De Feo, diretor executivo da Shanghai Fiorentini Ltd.

Redes de IoT Móvel que suportam o crescimento da energia conectada

As redes de IoT Móvel são projetadas para suportar aplicativos da IoT de mercado de massa em uma grande variedade de situações de uso, incluindo soluções de energia conectada, como medição de água e gás, redes inteligentes, monitoramento de eletricidade e energia. Elas suportam aplicativos da IoT que são de baixo custo, utilizam baixas taxas de dados, requerem uma longa duração da bateria e muitas vezes operam em locais remotos e difíceis de alcançar, o que as torna ideais para o setor da energia conectada. As redes móveis já estão apoiando o mercado da medição elétrica inteligente, mas agora outros setores como a medição de água e gás estão voltando sua atenção para as vantagens da adoção das redes NB-IoT e LTE-M devido à baixa potência e à melhor penetração no terreno.

Na Europa, a Deutsche Telekom já implementou redes NB-IoT para medição inteligente e soluções de iluminação inteligente em vários locais da Holanda, incluindo Amsterdã e Roterdã. A Vodafone também está trabalhando em uma série de iniciativas, entre elas um projeto de medição de água em Valência usando a NB-IoT. A nível global, a AT&T está trabalhando com a Capstone Metering nos EUA para monitorar o uso de água usando LTE-M. Na Ásia-Pacífico, o maior mercado global de aplicativos de medição inteligente, a China Mobile está testando a NB-IoT para o monitoramento da qualidade da água em vários locais, enquanto a China Unicom está usando a NB-IoT para coletar leituras de medidores de energia e água e está trabalhando com a empresa de energia SoftGrid em um projeto de cidades inteligentes3. Para mais exemplos, acesse: https://www.gsma.com/iot/miot-rollout/.

Impulso da IoT Móvel

Atualmente, existem 21 redes comerciais de IoT Móvel disponíveis no mundo todo a partir de 14 operadoras, entre as quais AT&T, Telstra e Verizon (LTE-M), assim como 3 Hong Kong, China Mobile, China Telecom, China Unicom, Deutsche Telekom, KT, LG Uplus, M1 e Vodafone (NB-IoT). Etisalat e Turkcell lançaram a NB-IoT e LTE-M. Para mais informações sobre a iniciativa Mobile IoT da GSMA, acesse www.gsma.com/iot/mobile-iot-initiative/.

-FIM-

Notas aos editores

1.) Machina Research, 2017. Este valor refere-se à receita potencial total disponível para todas as empresas no ecossistema de energia conectada.

2.) http://eur-lex.europa.eu/legal-content/EN/TXT/PDF/?uri=CELEX:52016PC0864R(01)&from=EN

3.) https://machinaresearch.com/report/connected-energy-smart-meter-rollouts-are-driven-by-government-policy-decisions/

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras móveis em todo o mundo, unindo cerca de 800 operadores com mais de 300 empresas no ecossistema móvel mais amplo, incluindo fabricantes de celulares e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de Internet, bem como organizações em setores industriais adjacentes. A GSMA também produz eventos líderes do setor, como o Mobile World Congress, o Mobile World Congress de Xangai, o Mobile World Congress das Américas e conferências do Mobile 360 Series.

Para mais informações, acesse o site corporativo da GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

Die Ausgangssprache, in der der Originaltext veröffentlicht wird, ist die offizielle und autorisierte Version. Übersetzungen werden zur besseren Verständigung mitgeliefert. Nur die Sprachversion, die im Original veröffentlicht wurde, ist rechtsgültig. Gleichen Sie deshalb Übersetzungen mit der originalen Sprachversion der Veröffentlichung ab.

Contacts

Para a GSMA
Clare Fenny
+44 20 7067 0749
CFenny@webershandwick.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Contacts

Para a GSMA
Clare Fenny
+44 20 7067 0749
CFenny@webershandwick.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com