Zev Marynberg revela à Bloomberg os principais investimentos de seu fundo com melhor atuação, o Adar Macro, em 2017

“Com o tempo, as distorções nos ativos desvalorizados desaparecerão. As corporações também podem desaparecer, como aconteceu com a Lehman Brothers”

NOVA IORQUE--()--Zev Marynberg, fundador e diretor de TI do fundo de hedge Adar Macro, um dos melhores fundos de hedge em 2016, com 33,5% de retorno sobre o investimento, revela em uma entrevista com a Bloomberg sua estratégia de investimento para 2017. “Investimos principalmente na América Latina e Europa. Buscamos ativos desvalorizados, principalmente títulos de renda fixa emitidos por emissores soberanos ou quase soberanos, em países onde acreditamos que ocorrerão mudanças macroeconômicas. Realizamos apenas análises fundamentais e visitamos cada um dos locais onde investimos. Nosso foco principal é em títulos emitidos ou apoiados por nações ou estados. Um emissor soberano pode ter que se reestruturar, mas com recursos e tempo suficiente, será capaz de pagar suas dívidas. Corporações podem desaparecer, como aconteceu com a Lehman Brothers. Não queremos assumir esse risco para os nossos investidores”.

Os títulos do Brasil, Colômbia e Venezuela contribuíram para o ótimo desempenho do fundo em 2016. Marynberg acha que existem grandes oportunidades nas áreas em que o fundo Adar Macro se concentra. “Não procuramos 20 ativos; procuramos de cinco a dez ideias. Ainda assim, alguns ativos estão muito desvalorizados e alguns rendimentos estão bem acima dos rendimentos do Tesouro dos EUA, com cupons muito atraentes.”

“Em 2017, o fundo teve lucros na Colômbia porque nossos investimentos amadureceram. Adicionamos ativos na Argentina, pois acreditamos que a economia começará a crescer, assim como em Portugal, já que alguns títulos de renda fixa quase soberanos negociam com um spread de 400 sobre os títulos soberanos”, disse Zev Marynberg.

Com relação à sua estratégia para 2017, Zev Marynberg comentou: “Em primeiro lugar, temos um rendimento atual acima de 8% ao ano. Algumas de nossas oportunidades de investimento podem amadurecer mais cedo do que tarde, porque os indicadores macroeconômicos nesses países já estão melhorando. Não há como prever um dia para uma apreciação de capital ocorrer, mas é certo que ao longo do tempo, as distorções em ativos desvalorizados desaparecerão”.

Gostamos de títulos soberanos; eles são líquidos, apresentam uma boa capacidade de pagamento e nunca irão desaparecer, pelo menos não em nossas vidas. Com relação à moeda, gostamos do dólar americano. Estamos otimistas com o fato de que o presidente Trump é pragmático, tem experiência e tomará as medidas que a economia dos EUA precisa para crescer mais. Cerca de 85% de nosso investimento é em dólar americano. Reduzimos a duração em nosso portfólio, já que as taxas de juros têm somente um caminho a percorrer, o que quer dizer para cima”, disse Marynberg.

Em relação ao crescente populismo na Europa, o diretor de TI do fundo Adar Macro afirmou: “Estamos com sobrepeso na Alemanha. Os REITs (fundos imobiliários) dedicados ao leste da Alemanha ainda estão sendo negociados por um preço muito baixo, mais baixo que o resto da Alemanha, Europa e até América do Sul. Ainda é possível comprar o melhor espaço de oferta em Berlim com um desconto em relação à Cidade do México, Buenos Aires e até Caracas na Venezuela. Em Portugal, os mercados de renda fixa ainda têm boas oportunidades”.

Fundo Adar Macro

O fundo Adar Macro é um fundo de hedge gerenciado pela Adar Capital Partners. Fundada em 2011, a Adar Capital Partners Ltd. oferece consultoria de investimentos para investidores institucionais, escritórios familiares e fundos de investimentos privados, principalmente na América Latina e Europa. Atualmente ela gerencia um total de ativos de US$ 1,5 bilhão. Em 2016, o fundo Adar Macro recebeu o prêmio "Best Latin America Emerging Markets Fund 3 Years" (Melhor Fundo para Mercados Emergentes da América Latina por 3 Anos) da revista digital Acquisition International e o "Most Innovative Hedge Fund of the Year 2016" (Fundo de Hedge mais Inovador do Ano de 2016), de acordo com a revista Wealth & Finance. Ticker Bloomberg: ADARMAA KY.

http://www.adarcapitalpartners.com

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Mídia:
Newsline
Miguel Ramos
mramos@newsline-pr.com

Contacts

Mídia:
Newsline
Miguel Ramos
mramos@newsline-pr.com