Novo estudo da Morinaga Milk, usando tecnologia de ponta, confirma mudanças na microbiota humana relacionadas à idade

(Fig.2) Sequential changes of the gut microbiota accompanying age increase (Graphic: Business Wire)

???pagination.previous??? ???pagination.next???

TÓQUIO--()--Morinaga Milk Industry Co., Ltd. (TOKYO:2264), uma das principais empresas de laticínios do Japão, anunciou hoje os resultados de um novo estudo que mostra como a composição da microbiota intestinal em uma população humana saudável, muda com a idade. O estudo, que utilizou uma tecnologia nova para o sequenciamento de DNA, é único devido ao seu tamanho e larga amplitude de indivíduos (de recém-nascidos a idosos com 104 anos de idade). Esses fatores contribuem para um retrato novo e abrangente do padrão típico da evolução das bactérias no intestino humano.

Uma pesquisa seminal realizada nos anos 70 pelo Dr. Mitsuoka demonstrou mudanças drásticas na composição das espécies da microbiota intestinal conforme as pessoas envelhecem 1 (Figura 1). No entanto, naquele momento, apenas cerca de 20 a 50% das espécies de microbiota intestinal haviam sido identificadas pelo método baseado em culturas. Apesar de grandes avanços nas tecnologias de análise da flora intestinal, até o presente momento nenhuma análise em grande escala da microbiota intestinal havia sido conduzida para atualizar aquelas importantes descobertas.

A Morinaga, pioneira na pesquisa da microbiota humana, particularmente da Bifidobacterium, conduziu a pesquisa em colaboração com o Dr. Ro Osawa da Universidade de Kobe. Eles analisaram e compararam a microbiota de 367 indivíduos japoneses saudáveis, desde recém-nascidos até idosos com 104 anos de idade, usando sequenciamento de última geração (um método para sequenciar DNA). Os resultados revelaram um padrão de mudanças sequenciais na microbiota intestinal com 2 anos de idade. Os pesquisadores também analisaram amostras fecais obtidas de 441 indivíduos saudáveis por PCR em tempo real com inciadores específicos da espécie na pesquisa seguinte e confirmaram mudanças em longo prazo nas espécies de Bifidobacterium no intestino.

“Na última década, pesquisas conduzidas em todo o mundo revelaram a natureza crucial da microbiota intestinal na saúde do hospedeiro. No entanto, a microbiota intestinal típica em indivíduos saudáveis não havia sido estabelecida”. Dr. Osawa explicou. “Ao analisar um enorme número de espécies de microbiota em populações saudáveis de todas as faixas etárias, nossas descobertas podem permitir que pesquisas futuras identifiquem a composição da microbiota intestinal saudável em cada estágio da vida”, continuou.

Mudanças na composição da microbiota intestinal relacionadas com a idade

A figura 2 mostras as mudanças sequenciais na microbiota intestinal de crianças a centenários. Apesar de muitos filos aumentarem, o filo Actinobactéria, inclusive a Bifidobacterium – a bactéria predominante em crianças – decresce rapidamente após o desmame e diminui ainda mais após os 60 anos. Também mostrou a predominância do filo Proteobactéria, como a Escherichia coli, em crianças e idosos.

A microbiota intestinal difere muito entre crianças, adultos e idosos

Quando indivíduos com uma composição similar de microbiota intestinal são agrupados (clustering), grupos distintos são formados de acordo com uma ampla faixa etária (Figura 3). Isso indica que as diferenças na microbiota intestinal relacionadas com a idade são maiores que as diferenças individuais. Deve-se observar, no entanto, que alguns indivíduos adultos foram classificados no grupo “Idosos 1” porque possuíam uma microbiota intestinal atípica para sua idade. Isso sugere que, em algumas pessoas, a idade da sua microbiota intestinal pode ser maior que sua idade cronológica.

A Bifidobacterium longum demonstrou a mais alta taxa de detecção de 88,1%

Mudanças na proporção da espécie Bifidobacterium na microflora intestinal de 441 indivíduos japoneses saudáveis com idades de 0 a 104 anos, também foram investigadas. A B. longum foi amplamente detectada na maioria dos indivíduos, de crianças em amamentação a centenários. Sua taxa de detecção foi a mais alta entre todas as espécies investigadas – 88,1% – destacando sua importância para a saúde humana. O resultado também indica que a B. breve era predominante em crianças abaixo dos três anos, enquanto que os grupos de B. catenulatum e B. adolescentis eram predominantes após o desmame.

Dr. Jin-zhong Xiao, gerente geral do Instituto de Ciências de Última Geração da Morinaga, destaca que a B. longumé versátil entre as espécies de microbiota. “A B. longum demonstrou ser genericamente adequada para fermentar tanto açúcar derivado de plantas como de oligossacarídeos do leite humano. Essa característica pode explicar porque a B. longum é a espécie mais comum em todas as idades”. 3

A B. animalis ssp. latis, que não é considerada uma espécie de microbiota intestinal humana, também foi detectada em 11,4% dos indivíduos, mas era restrita a indivíduos após o desmame e até com menos de 80 anos de idade. “Apesar de se pensar que a B. animalis ssp. lactis não seja viável por usar uma grande variedade de recursos de carbono no ambiente intestinal humano, seu uso amplo como probiótico em laticínios comerciais pode afetar a detecção após o desmame”. Dr. Xiao destacou, “Este estudo demonstrou uma significativa correlação entre todas as espécies de Bifidobacterium, com exceção da B. animalis ssp. lactis”, uma descoberta que implica que a “B. animalis ssp. lactis não é um produto comensal no intestino humano.

“Continuaremos a estudar a microbiota intestinal humana para contribuir com o desenvolvimento humano saudável e com o prolongamento da expectativa de vída”, acrescentou Dr. Xiao.

Sobre a Morinaga Bifidobacteria

Por mais de 40 anos, a Morinaga conduziu pesquisas e desenvolvimento da Bifidobacterium, microbiota nativa do intestino humano. O primeiro probiótico modelo da Morinaga, Bifidobacterium longum BB536, é uma das cepas de probióticos mais pesquisadas no mundo e obteve o GRAS, confirmado pela FDA, em 2009. A segunda cepa da empresa, Bifidobacterium breve M-16V, obteve o GRAS e o GRAS infantil, confirmados pela FDA, em 2013. Para mais informações, visite-nos em http://bb536.jp/english/index.html.

Sobre a Morinaga

A Morinaga Milk Industry Co., Ltd. é uma das maiores empresas de laticínios do Japão. A Morinaga se sobressai em tecnologia inovadora e oferece vários produtos lácteos e outros ingredientes funcionais benéficos a clientes ao redor do mundo, e está celebrando seu 100o aniversário este ano.

Visite nosso site em http://www.morinagamilk.co.jp/english.

Referências

1. Zentralbl Bakteriol Orig A, 223:333-42(1973)

2. BMI Microbiol 16:90(2016)

3. Int J Genomics:567809(2015)

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Morinaga Milk Industry Co., Ltd.
Mai Nozawa, +81-3-3798-0152
m-nozawa@morinagamilk.co.jp
http://www.morinagamilk.co.jp/english/

Contacts

Morinaga Milk Industry Co., Ltd.
Mai Nozawa, +81-3-3798-0152
m-nozawa@morinagamilk.co.jp
http://www.morinagamilk.co.jp/english/