Achilles: Empresas em todo o Mundo Demonstram 'Hipocrisia' em Reduzir Emissões de Carbono

RIO DE JANEIRO--()--Empresas em todo o mundo têm afirmado que a redução de emissões de carbono irá se tornar uma prioridade maior em 2015, mas em grande parte não estão dando passos fundamentais para que isto ocorra, mostra nova pesquisa.

Em uma pesquisa de mercado, 63% das empresas de infraestrutura e fabricação em todo Reino Unido, EUA, Canadá, Espanha, Países Nórdicos e Brasil, revelou que iriam intensificar seu foco na redução de emissões de carbono e consumo de energia neste ano.

Mas metade destas empresas admitiram que não têm programas corporativos para monitorar e registrar suas próprias emissões e uso de energia.

Você tem um programa corporativo para monitorar / registrar suas emissões de carbono e uso de energia?

    Sim   Não   Não Sabe
Mundo 50% 39% 11%
 
EUA 37% 60% 3%
Brasil 43% 50% 7%
Países Nórdicos 47% 46% 7%
Espanha 49% 38% 13%
Reino Unido 59% 25% 16%

Além disto, a nível global, menos de um quinto das empresas (16%) monitoram as emissões de seus principais fornecedores – muitos dos quais estariam diretamente envolvidos com contratos de alto consumo de energia como concretagem, perfurações de poços petrolíferos ou obtenção de milhares de toneladas de aço.

A nível global, você monitora as emissões de carbono dos principais fornecedores?

    Sim   Não   Não sabe
Mundo 16% 75% 9%
 
EUA 7% 93% 0%
Países Nórdicos 14% 83% 3%
Brasil 15% 77% 8%
Reino Unido 19% 70% 11%
Espanha 22% 60% 18%

A pesquisa foi encarregada pela empresa de informação de fornecedores globais Achilles e executada pela empresa de pesquisa independente IFF, que realizou entrevistas telefônicas com profissionais da cadeia de fornecimento das 300 maiores empresas de construção e engenharia; óleo e gás, mineração e cimento, energia e infraestrutura, bem como setores de fabricação.

Como os membros das Nações Unidas, vêm se preparando para apresentar propostas sobre como irão ajudar a desenvolver um acordo internacional referente à mudanças climáticas, visando reduzir as emissões até 2030. Todos os países estão a caminho neste programa para diminuir as emissões em 20% até 2020

A Achilles administra uma série de comunidades online em todo o mundo que permitem diversas organizações de compra do mesmo ramo industrial trabalharem em conjunto para coletar, gerenciar e atualizar a conformidade, devido à diligência e informações sobre seus fornecedores quanto à emissão de carbono. A Achilles também opera o CEMARS (Programa Certificado de Medição e Redução de Emissões) no Reino Unido. Ele permite que empresas meçam suas emissões de gás com efeito estufa, ponham em prática planos de redução e obtenham certificações independentes.

Adrian Chamberlain, Diretor Executivo da Achilles, disse: "É impossível para as grandes empresas reduzirem suas emissões de carbono, a menos que elas meçam e monitorem as emissões dentro de suas próprias organizações e suas cadeias de fornecimento.

Em nossa experiência, a maioria das grandes empresas somente está motivada a encarar as emissões de carbono quando é obrigada pelos clientes como parte do processo de licitação.

Em uma época de rápido aumento de contas de energia, cortar emissões de carbono e cortar custos não são mutuamente exclusivas – são naturalmente compatíveis.

As empresas mais inteligentes podem fazer economias de custos sustentáveis e proteger suas margens cada vez mais estreitas ao cortar emissões de carbono e custos durante a vida útil de projetos."

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Achilles
Susie Carter
+44-7827-997497
press.office@achilles.com

Release Summary

Businesses across the globe have claimed that reducing carbon is going to become a bigger priority, but most are not taking basic steps to make it happen.

Contacts

Achilles
Susie Carter
+44-7827-997497
press.office@achilles.com