Novo relatório da GSMA Conclui que a Internet das Coisas está Transformando a Vida da Família

Economia de custos, paz de espírito e segurança são os principais fatores que estão impulsionando o crescimento de dispositivos conectados sem fio. 89% das pessoas querem conectar todos os seus dispositivos no futuro

Mobile World Congress 2015:GSMA
Mobile World Congress 2015

BARCELONA, Espanha--()--A Internet das Coisas (IoT) está transformando a vida familiar através da conexão sem fio dos dispositivos em casa, tais como os medidores inteligentes e sistemas de segurança, ajudando a economizar dinheiro e aumentar a paz de espírito, de acordo com uma nova pesquisa divulgada hoje pela GSMA. O relatório "The Impact of the Internet of Things: The Connected Home" (tradução livre do título: "O Impacto da Internet das Coisas: a Casa Conectada"), foi desenvolvido pela KRC Research* e pela GSMA Intelligence, e destaca que cerca de uma em cada quatro pessoas na Alemanha, Japão, Reino Unido e Estados Unidos já têm um dispositivo conectado, tal como um medidor inteligente (28%), sistema de segurança (23%), sistema de iluminação (23%) ou monitor de saúde (23%), ressaltando o impacto crescente da conectividade sem fio e da Internet das Coisas na vida dos consumidores.

A pesquisa também indica que a adesão aos dispositivos conectados deverá crescer rapidamente nos próximos anos, com 89 por cento de todos os entrevistados confirmando que eles gostariam que todos os seus dispositivos domésticos estivessem perfeitamente conectados juntos no futuro. De acordo com o relatório, os consumidores têm um forte interesse em conectar praticamente tudo em suas casas, incluindo sistemas de segurança, termostatos, medidores inteligentes, iluminação e carros, assim como monitores de saúde, máquinas de lavar, relógios inteligentes, rastreadores de atividade, fornos, geladeiras e monitores de idosos.

"Várias máquinas, dispositivos e aparelhos estão sendo conectados à Internet através de inúmeras redes e estão fornecendo aos consumidores e às empresas novos serviços inovadores. A Internet das Coisas pode soar como um termo da moda futurista, mas ela já está aqui e melhorando as nossas vidas", disse Alex Sinclair, Diretor de Tecnologia da GSMA. "Este relatório confirma que embora o mercado esteja ainda relativamente incipiente, há uma enorme demanda por estes serviços na casa conectada. Porém, a perfeita interação desses dispositivos e serviços é essencial, tornando a colaboração e a interoperabilidade entre empresas de diferentes setores mais essenciais do que nunca."

Economia Inteligente

A pesquisa confirmou que a oportunidade de economizar dinheiro era o benefício mais atraente na compra de dispositivos conectados para a casa, tanto para proprietários quanto para não proprietários. Por exemplo, 70 por cento de todos os entrevistados acreditava que este era o aspecto mais importante de ter um sistema de energia conectado. A pesquisa revelou um forte interesse do consumidor no carro conectado, com os entrevistados vendo os benefícios de economizar dinheiro em combustível através do uso de atualizações de tráfego em tempo real, assim como nos prêmios de seguros através do monitoramento do uso em tempo real. Oitenta e seis por cento dos não proprietários consideraria a compra de um carro conectado para seu próximo veículo se ele lhes economizasse 30 por cento de seus custos mensais com seguro. As economias de tempo também são vistas como um benefício significativo de dirigir um carro conectado, com proprietários economizando mais de seis horas do tempo de viagem por mês ao evitar congestionamentos através das atualizações de tráfego em tempo real. Paz de espírito e proteção contra roubo ou perigos também estavam entre os mais importantes benefícios de ter um sistema de segurança inteligente, de acordo com os proprietários, com quase todos eles confirmando que a sensação de segurança tinha aumentado desde a sua instalação.

Saúde e Condicionamento Físico Conectados

A pesquisa também observou a influência crescente dos dispositivos de condicionamento físico vestíveis (wearable) para um melhor desempenho do condicionamento físico, com quase 25 por cento dos não proprietários estando propensos a considerar a compra de um aparelho de ginástica conectado caso ele pudesse aumentar o número de calorias queimadas mensalmente em 10 por cento. Os dispositivos de saúde conectados também foram bem recebidos pelos consumidores, com 83 por cento dos proprietários falando que sua sensação de bem-estar tinha melhorado e que a sua utilização proporcionava uma paz de espírito e ajudava com as melhorias no estilo de vida. Além disso, a capacidade de monitorar remotamente um membro próximo da família com uma doença crônica, por exemplo, para se certificar de que ele tomou seu remédio diário com um dispositivo de saúde inteligente também recebeu uma resposta positiva extraordinária, com 86 por cento dos não proprietários interessados neste recurso.

Vidas Conectadas no Mobile World Congress 2015

O programa Connected Living (Vidas Conectadas) da GSMA estará presente na GSMA Innovation City, no Mobile World Congress 2015, Hall 3, Estandes 3A11 e 3A31, de segunda a quinta-feira, com uma série de demonstrações interativas dos mais recentes produtos e serviços de telefonia móvel. Eles também estarão realizando uma série de seminários e apresentações durante toda a semana. Para mais informações, acesse http://www.gsma.com/connectedliving/events/mobile-world-congress-2015/

O programa Connected Living da GSMA é uma iniciativa para ajudar as operadoras a agregar valor e acelerar a entrega de novos dispositivos e serviços conectados no mercado de máquina a máquina (M2M). Isto deverá ser alcançado através da colaboração no setor, regulamentação adequada, otimização das redes e do desenvolvimento de instrumentos chave para apoiar o crescimento da tecnologia M2M no futuro imediato e da Internet das Coisas no longo prazo.

Para fazer o download do documento "The Impact of the Internet of Things: The Connected Home", acesse http://www.gsma.com/newsroom/wp-content/uploads/15625-Connected-Living-Report.pdf. Para saber mais sobre o programa Connected Living da GSMA, acesse www.gsma.com/connectedliving.

Nota aos Editores

* O relatório "The Impact of the Internet of Things: The Connected Home" foi encomendado pelo Connected Living Programme da GSMA e pelo GSMAi. O relatório é baseado em pesquisas de entusiastas da tecnologia na Alemanha, Japão, Reino Unido e nos EUA realizadas pela empresa de consultoria de pesquisa de opinião pública KRC Research. A KRC pesquisou 500 entusiastas de tecnologia em cada país. A pesquisa: 1) define as famílias que estão conectadas. Por exemplo, fornece a definição do que é uma família conectada. 2) mede os desejos dessas famílias para o futuro em termos de dispositivos conectados. 3) mede o nível atual de adoção de dispositivos conectados pelas famílias em cada país. Foram selecionados apenas os entrevistados que tinham um forte interesse em tecnologia, como, por exemplo, o desejo de comprar um dispositivo conectado nos próximos anos, ou tinham uma profunda compreensão dos benefícios que a tecnologia/ dispositivos conectados trazem para a família.

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses das operadoras de telefonia móvel no mundo todo, unindo quase 800 operadoras a mais de 250 empresas no amplo ecossistema da tecnologia móvel, incluindo fabricantes de aparelhos e dispositivos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas da Internet, assim como organizações e setores industriais adjacentes. A GSMA também realiza os principais eventos da indústria, como o Congresso de Tecnologia Móvel, o Congresso de Tecnologia Móvel de Xangai e a série de conferências Mobile 360.

Para mais informações, acesse o site corporativo da GSMA em www.gsma.com. Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Pela GSMA
Charlie Meredith-Hardy, +44 7917 298428
CMeredith-Hardy@webershandwick.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Contacts

Pela GSMA
Charlie Meredith-Hardy, +44 7917 298428
CMeredith-Hardy@webershandwick.com
ou
Assessoria de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com